top of page

Itaipuaçu esburacado recebe sistema binário para evitar colisões frontais

Rio de Janeiro, 13/6/2022

Por Redação GBNEWS

Começa nesta semana a implementação do sistema binário em quatro vias (Rua 32, Rua 33, Rua 52 e Rua 53) do loteamento Jardim Atlântico, em Itaipuaçu, Maricá. Moradores deste maior loteamento urbano da América Latina, nas redes sociais não veem necessidade da implantação deste binário. Para eles, a Prefeitura de Maricá tem que melhorar o policiamento, iluminação pública e acabar com a buraqueira nas pistas e instalar sinais luminosos nos principais cruzamentos. A primeira via a receber o sistema binário vai ser a Rua 32. Depois, o trabalho será feito na Rua 33 e posteriormente nas ruas 52 e 53. Estas últimas ficam ao lado do Campus de Educação Pública Transformadora (CEPT) de Itaipuaçu. Com a alteração, todas as vias passam a ter mão única. Os motoristas que estiverem na Rua 32, vindo da Estrada dos Cajueiros e passando pela Rua 66, terão sentido liberado para a rodoviária na Rua Professor Cardoso de Menezes (antiga Rua 1). Na Rua 33, os condutores farão o sentido inverso, ou seja, todos que estiverem na rodoviária poderão seguir até a Rua 66 e à Estrada dos Cajueiros.

Quem estiver na Rua 52 poderá seguir pela Rua 33 em direção à Avenida Jardel Filho (antiga Avenida 2). Já os condutores que estiverem na Rua 53 seguirão pela Avenida Jardel Filho (Antiga Avenida 2) em direção à Rua 33. Segundo o secretário de Trânsito e Engenharia Viária, Marcinho da Construção, o sistema binário é de extrema importância para manter a segurança e o ordenamento do trânsito em Itaipuaçu. “A mudança vai ajudar a evitar acidentes frontais, reduzindo os índices, além de contribuir para o ordenamento do trânsito, já que com a via em mão única conseguiremos definir a distribuição de vagas ao longo do percurso, os locais de vagas regulamentadas, preferenciais e de carga e descarga. Poderemos ainda criar ciclovias nessas ruas”, explica Marcinho.

Muitos dos acidentes frontais são causados porque motoristas tentam evitar cair nos buracos e crateras em todas as vias públicas de Itaipuaçu, principalmente a noite porque a iluminação pública é deficiente. Na principal via do Jardim Atlântico, a Rua Professor Cardosos de Menezes (antiga Rua 1), há lâmpadas queimadas a mais de um mês. A segurança pública também é reclamada pelos moradores através das redes sociais.


コメント


bottom of page