top of page

Grande parte das contratações temporárias no comércio do Rio será em novembro

Rio de Janeiro, 08/11/2023

Por Redação GBNEWS

Pesquisa feita pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ), com 427 empresários da região metropolitana do Rio, entre os dias 02 e 05 de outubro, revelou que 35,5% dos entrevistados contratarão funcionários temporários para as festas de fim de ano e a alta temporada.

A maior parte das contratações temporárias (53,5%) será neste mês de novembro. Em dezembro, 29,8% dos empresários pretendem admitir trabalhadores a mais. As contratações temporárias em setembro e outubro somaram 20,2%. 4,6% dos empresários entrevistados disseram que ainda não sabem se vão contratar.

A pesquisa também quis saber até que mês os estabelecimentos pretendem contar com todos ou parte dos funcionários temporários em seus quadros. 51% disseram que até janeiro e 28,7% até dezembro deste ano.

Já 62,9% dos entrevistados afirmaram que existe a possiblidade de efetivar pelo menos um desses trabalhadores temporários e que o tipo de contratação, 71,9%, seria por aumento de quadro.

Segundo a sondagem do IFec RJ, 65% dos empresários disseram que não irão contratar trabalhadores temporários porque o número de funcionários em seus estabelecimentos já é suficiente.

Sobre a Fecomércio RJ

Reúne 59 sindicatos patronais, líderes empresariais, especialistas e consultores com o objetivo de fomentar o desenvolvimento dos negócios no setor do comércio de bens, serviços e turismo no estado do Rio de Janeiro. Desenvolve soluções, pesquisas e disponibiliza conteúdo sobre questões que impactam a vida do empreendedor e colaboram nas decisões dos gestores públicos. Representa mais de 330 mil estabelecimentos, que respondem por 2/3 da atividade econômica do estado e 68% dos estabelecimentos, gerando mais de 1,6 milhão de empregos formais, que equivalem a 60% dos postos de trabalho no estado. Através do Serviço Social do Comércio (Sesc RJ) atua em assistência social, cultura, educação, lazer e saúde aos comerciários e população carente, enquanto o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac RJ) promove educação profissional voltada para o setor.



Comments


bottom of page