top of page

Combate ao Aedes aegypti segue em São Gonçalo

Rio de Janeiro, 12/12/2022

Por Redação GBNEWS

Foto: PMSG

A pulverização de inseticida para eliminar o mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya – acontece toda semana. As três doenças estão sob controle em São Gonçalo, mas o trabalho dos agentes da Vigilância em Saúde Ambiental não para. As ações acontecem através do trabalho das motofogs e só não acontece em dias chuvosos.


Os locais de aplicação do inseticida são definidos pelo Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental com base nos casos notificados pelo setor de Vigilância Epidemiológica, que aponta os locais com maiores notificações das doenças.


Para manter a casa longe dos vetores, é importante limpar calhas e ralos, tapar caixas d’água, colocar garrafas e recipientes com a boca para baixo, preencher os pratos de vasos de plantas com areia, manter lonas de materiais de construção e piscina sempre esticadas, guardar pneus velhos, manter tonéis e latões fechados. Vale lembrar que qualquer gota d’água pode se tornar criadouro do mosquito.


A Vigilância Ambiental de São Gonçalo também tem o pronto-atendimento. Qualquer cidadão pode ligar para o setor e pedir uma visita nos casos de infestação de qualquer vetor. Os pedidos são atendidos, em média, em uma semana. Nesses casos, os agentes averiguam a denúncia e realizam a ação necessária para acabar com os vetores. As denúncias podem ser feitas pelo telefone da Vigilância Ambiental (21) 3195-5198, ramal 1008 ou da Coordenação de Vetores (21) 2604-6446.

Programação da pulverização de inseticidas


Segunda-feira (12): Porto da Pedra, Santa Izabel, Boaçu, Neves, Raul Veiga e Vila Três


Terça-feira (13): Paraíso, Almerinda, Galo Branco, Venda da Cruz e Fazenda dos Mineiros


Quarta-feira (14): Patronato, Amendoeira, Jardim Amendoeira, Lindo Parque, Tenente Jardim, Morro do Castro e Salgueiro


Quinta-feira (15): Gradim, Jardim Nova República, Brasilândia, Engenho Pequeno e Palmeiras


Sexta-feira (16): Mangueira, Parada 40, Jardim Miriambi, Rosane, Vila Iara, Zumbi, Pita e Nova Cidade


Commentaires


bottom of page