top of page

Cine Henfil em Maricá exibe filmes para marcar a luta contra a intolerância religiosa

Rio de Janeiro, 28/01/2024

Por redação GBNEWS

A Secretaria de Cultura de Maricá promoverá sessões especiais no Cine Público Henfil, no Centro, para marcar o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa (21/01). Os filmes serão exibidos nos dias 31 de janeiro e 1° de fevereiro e contará com a presença do cineasta maricaense Igor Matos, para um bate-papo sobre os filmes dirigidos por ele.


As obras estão à disposição por meio do endereço eletrônico https://cecip.vendabem.com/compra_ingresso_online_new/?filial=001 . Para garantir o ingresso gratuito, basta entrar no link, escolher o filme e reservar seu assento. É necessário chegar um pouco antes da sessão começar para validar seu ticket.


Administrado pelo Centro de Criação de Imagem Popular (Cecip), o Cinema Público Municipal Henfil fica na Rua Alferes Gomes, 390, no Centro de Maricá, e tem capacidade para 200 pessoas, sendo 190 com assentos comuns, quatro para pessoas obesas, quatro para cadeirantes e outras duas para pessoas com mobilidade reduzida, além de moderno equipamento cinematográfico com tela e projetor de áudio e vídeo.


Confira a programação


Quarta-feira (31/01)


18h - Tataco - Tataco é um documentário participativo e poético que fala sobre ancestralidade, passado e respeito. O documentarista Igor Mattos se coloca dentro desse passado da sua história, onde se conecta com a sua Vó Tataco. Classificação livre.


18:20h - Minha Casa -  A intolerância religiosa é algo recorrente nas religiões de Umbanda e Candomblé. Neste documentário performático, Igor Mattos e outros dirigentes dessas religiões, relatam vivências religiosas e reflexões sobre a intolerância, além de demonstrarem as conexões com a ancestralidade.

Classificação livre.


19h – Bate-papo com o cineasta maricaense Igor Matos


Quinta-feira (01/02)


18h – Santo Forte - Entre uma missa campal celebrada pelo Papa no Aterro do Flamengo e, meses depois, a comemoração do Natal, o documentário penetra na intimidade dos católicos, umbandistas e evangélicos de uma favela carioca. Cada um a seu modo, eles creem na comunicação direta com o sobrenatural através da intervenção de santos, orixás, guias ou do Espírito Santo. Classificação livre.

Comments


bottom of page