top of page

Acordo Detran e cooperativas vai gerar emprego e renda para catadores

Rio de Janeiro, 25/12/2022

Por Redação GBNEWS

Fotos: Alexandre Simonini/Detran.RJ

Presidente do DETRAN recebeu os representantes das cooperativas no seu gabinete


O Detran.RJ fechou acordo com 12 cooperativas de catadores do Estado do Rio, que ficarão responsáveis por recolher e dar destinação adequada a resíduos recicláveis descartados nos postos do departamento. Escolhidas por chamamento público, as cooperativas vão encaminhar para reciclagem, inicialmente, cerca de 50 toneladas de placas automóveis armazenadas em unidades do Detran.RJ em todo o Estado do Rio. O presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder, recebeu os representantes das cooperativas na sede do departamento. Todos receberam certificados do acordo de cooperação celebrado com o órgão, que vai gerar emprego e renda para cerca de 200 catadores. As cooperativas ficarão responsáveis por recolher todos os materiais descartáveis dos postos. Os acordos foram conduzidos pelas Comissões de Sustentabilidade e de Coleta Seletiva do Detran.RJ.

Os representantes das cooperativas contaram a Konder que esperavam com muita expectativa pela formalização do acordo de cooperação. Ana Paula Serafim da Silva, da Cooper Nova Era, de Jardim Gramacho, em Caxias, e Maria do Carmo de Oliveira, da Coopquitungo, da Favela do Quitungo, em Brás de Pina, disseram que a verba arrecadada com o material reciclável ajudará a aumentar a renda dos catadores e ainda permitirá que as cooperativas façam novos investimentos em máquinas e equipamentos. “Esse acordo chega num momento mágico para nossas cooperativas. Na Coopquitungo, quando eu falei que viria ao Detran assinar, você não imagina a felicidade de todos. É um grande presente de Natal”, disse Maria do Carmo.


CNTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADEO

O presidente do Detran.RJ informou aos representantes que a Comissão de Segurança no Trabalho do Detran.RJ também fornecerá treinamento gratuito para todas as cooperativas, envolvendo combate a incêndio, uso de equipamentos de proteção individual (EPIs), primeiros socorros e outros temas. Por trabalharem com a manipulação de material inflamável, as cooperativas registram muitos casos de incêndios. Presente à reunião, Edson Alves de Souza, da Comissão de Segurança no Trabalho do departamento, ficará responsável pelo trabalho junto aos catadores. As placas de automóveis que serão destinadas às cooperativas ficaram nos postos por conta da pandemia e em decorrência de mudança na legislação – ou seja, com a chegada das novas placas Mercosul. Com o novo acordo de cooperação, os catadores ganharão ao encaminhar as placas para empresas de reciclagem de alumínio. E, o Detran.RJ, garantirá a melhor destinação possível a um resíduo descartado, de acordo com as regras ambientais modernas.


コメント


bottom of page