Firjan SESI já testou mais de 3 mil trabalhadores da indústria em Nova Friburgo

 

Nova Friburgo é a segunda cidade fluminense com mais testes realizados pelo programa de Testes Covid-19 da Firjan SESI. Ao todo, 3.032 trabalhadores em mais de 100 indústrias já foram testados entre abril e setembro ficando atrás apenas do Rio de Janeiro. A expectativa é que o número seja ainda maior, já que a testagem para os industriários foi prorrogada até o fim do ano. Outros 408 testes foram realizados em funcionários de empresas de Bom Jardim, Cantagalo, Cordeiro e Macuco. Em todo o Estado do Rio, 27 mil testes já foram realizados.

O programa foi criado com o objetivo de contribuir no enfrentamento ao novo coronavírus e ajudar no diagnóstico da doença. Além disso, as informações geradas a partir dos resultados são importante subsídio para identificação e formulação de estratégias e políticas de flexibilização e retomada das atividades econômicas.

Segundo o presidente em exercício da Firjan Centro-Norte, Bruno Mayer, a testagem contribui para o enfrentamento da doença e ajuda nas ações realizadas pelos empresários para a retomada segura. “A pandemia ainda não acabou e o vírus ainda circula entre nós, por isso, é importante ações organizadas e cuidados para que os índices sigam em redução. Os empresários não têm medido esforços para manter as empresas funcionando, respeitando as regras de afastamentos e de biossegurança. O pensamento é na permanência da atividade econômica do município e, principalmente, na preservação dos empregos” ressalta.

 

O serviço é exclusivo para os trabalhadores da indústria, via solicitação de pessoa jurídica, não extensivo aos dependentes, em virtude da priorização do atendimento à cadeia produtiva da indústria fluminense. As solicitações podem ser feitas pelo link https://bit.ly/32BMWZi.

Para micro e pequenas indústrias, com até 100 empregados, o serviço é oferecido de forma gratuita. Para as demais empresas, os testes saem a preço de custo. Para médias indústrias, com até 500 empregados, o pagamento é de R$ 96 por teste; e para grandes indústrias, com mais de 500 empregados, o valor é de R$ 125. O serviço é executado pelo Centro de Inovação SESI Higiene Ocupacional (CIS HO) em parceria com a UFRJ.

  

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino