Trajano de Moraes é a única cidade do Estado sem Covid-19


A prefeitura e a população de Trajano de Moraes estão fazendo o dever de casa direitinho e servem de exemplo para o combate a pandemia do coronavírus. Sem denúncias de corrupção, superfaturamentos e politicagem, Trajano é o único dos 92 municípios do Estado do Rio de Janeiro que não tem registro de casos da doença nas Secretarias Estadual e Municipal de Saúde.

Trajano de Moraes passou por um processo rigoroso de higienização (foto divulgação)

Assim que surgiu a notícia de que o coronavírus teria chegado ao Rio de Janeiro, a Prefeitura de Trajano de Moraes adotou medidas preventivas em setores da administração pública e recomendou ações no setor privado como o uso de máscaras, distribuição de álcool em gel para clientes e redução de pessoas nos estabelecimentos.

Com o avanço da doença no Estado, as medidas foram cada vez mais rígidas com barreiras sanitárias nas entradas e saídas da cidade sob a fiscalização de profissionais da saúde.

Segundo o prefeito Rodrigo Viana (foto), o isolamento social é uma das maneiras mais eficazes para evitar a propagação do Cobvid-19.

"Criamos uma força-tarefa, através do gabinete de crise, integrando as ações de prevenção, de assistência, e os protocolos para enfrentar essa situação. Então nós temos hoje, já planejadas e sendo executadas ações integradas de treinamento do pessoal, de reforço e aquisição de equipamentos para enfrentar uma eventual epidemia de coronavírus", disse o prefeito acrescentando que vários pontos da cidade foram higienizados.

Além das medidas já citadas, a cidade também suspendeu por tempo indeterminado as aulas nas escolas e cancelou as atividades para idosos realizadas na cidade.

Trajano de Moraes tem 588,534 km² de território, população em torno de 15 mil habitantes e faz limite com oito cidades, são elas: Macaé, Nova Friburgo, Bom Jardim, Cordeiro, Macuco, São Sebastião do Alto, Santa Maria Madalena e Conceição de Macabu.

Entre as cidades vizinhas, as que se destacam em casos de coronavírus são Macaé com 319 casos e 15 mortes e Nova Friburgo com 89 casos e 8 mortes, segundo dados das secretarias municipais de Saúde.