Garotinho, Márcia Tiburi, Tarcísio Motta, Giordano e Índio são pré-candidatos ao Palácio Guanabara

13.06.2018

 

Anthony Garotinho lançou sua pré-candidatura à sucessão de Luiz Fernando Pezão, pelo Partido Republicano Progressista (PRP), afirmando que não está atrás de um mandato, mas de “retomar o sonho e a esperança de um Estado melhor”. “Eu sei que é possível”, declarou o ex-governador que também foi prefeito por duas vezes de Campos dos Goytacazes, secretário de Estado, deputado estadual e federal e candidato à presidência da República.

 

A principal bandeira da campanha de Garotinho será a profissionalização dos jovens. Caso não atinja determinado percentual de aceitação popular à sua pré-candidatura, o ex-governador poderá tentar uma cadeira na Assembleia Legislativa (ALERJ) e disputar a presidência da Casa. O foco seria acabar com o domínio político dos Piccianis no Estado.

 

PT

 

O Partido dos Trabalhadores (PT) também definiu quem será o seu candidato ao governo do Rio e lançará, no domingo (17) a pré-campanha da filósofa e escritora Márcia Tiburi, recém-filiada ao partido. Tiburi nunca concorreu a um cargo político, segundo interlocutores da sigla.

 

O partido estava em dúvidas sobre o nome que lançaria ao governo, depois que o ex-ministro Celso Amorim teria declinado se candidatar. Especulações davam conta que o ex-chanceler seria cogitado como possível “plano B” petista para substituir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

PSOL

 

O vereador do Rio Tarcísio Motta também lançou pré-candidatura do governo do Rio, pelo PSOL.  É a segunda vez que Tarcísio concorre ao cargo. Em 2014, ele obteve 9% dos votos no primeiro turno.

 

PSD/PDT

 

O deputado federal Índio da Costa será o candidato pelo PSD e o deputado estadual Pedro Fernandes, pelo PDT.

 

PCdoB

 

O pré-candidato a governador do Rio pelo PCdoB, Leonardo Giordano, estará em Maricá nesta quinta-feira (14), às 10h, na casa de festa Diamond, na Rodovia RJ-106, em São José do Imbassaí, na pista sentido Niterói.

 

O atual vereador de Niterói vai falar sobre as perspectivas para o Estado do Rio, ações primárias e sobre a construção de uma proposta de governo ampla para tirar o Estado do caos social e econômico.

O parlamentar é campeão de projetos de lei apresentados e aprovados na Câmara de Niterói. O político propõe uma ampla aliança de esquerda para governar o Rio.

 

PODEMOS/DEM

 

O senador Romário (Podemos) ainda não anunciou oficialmente se concorrerá ao cargo - nem o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (DEM)

 

 

 

 

 

 

 

 



Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino