top of page

Prefeito de Maricá afirma que não será candidato ao governo do Estado em 2022

Rio de Janeiro, 16/5/2021

Por Gilson Barcellos

Foto: Agência GBNEWS


Em entrevista ao jornal Extra deste fim de semana, o prefeito de Maricá, Fabiano Horta (PT), disse que não será candidato à sucessão do governador Cláudio Castro (PSC) no ano que vem.

Esse descarte é porque o nome dele vem sendo muito ventilado como possível candidato. Horta foi reeleito em 2020 com 89% dos votos, ou seja, nove em cada dez votos dos maricaenses. É o único prefeito petista dos 92 municípios fluminenses.


“É motivo de orgulho, porque é um projeto que começou lá atrás, com o Quaquá (ex-prefeito por dois mandatos e atual vice-presidente nacional do PT). O meu compromisso, com toda a franqueza, é concluir o ciclo local dos quatro anos. Mas é óbvio que a experiência de Maricá, como esse laboratório de políticas sociais, dialoga com a dinâmica do estado. E vamos contribuir para a construção das forças políticas. Temos os nomes do deputado Marcelo Freixo (PSOL), do André Ceciliano (presidente da Alerj, do PT), do Rodrigo Neves (ex-prefeito de Niterói, do PDT), do próprio Quaquá, da deputada Benedita da Silva, que teve ótimo desempenho nas últimas eleições... O nome vai surgir”, disse.


E não será o seu?


“Eu sou militante do PT na construção de um projeto para o estado e vou ser prefeito de Maricá pelos próximos três anos e meio, mas vou ajudar muito a construir esse ciclo no campo progressista”, afirmou Fabiano Horta.


Na gestão Fabiano Horta os ônibus conhecidos por “vermelhinhos” circulam por toda Maricá com tarifa zero. Ninguém, morador ou visitante, paga passagem. Também são oferecidas gratuitamente as bikes vermelhinhas para passeios pela cidade, Moeda Social Mumbuca, Passaporte Universitário com bolsa 100%. Neste período de pandemia da covid-19, Maricá tem ações sociais para atender a população mais carente, trabalhadores desempregados, empresários e micro—empresários, entre outros benefícios.


Comments


bottom of page