top of page

Embratur e trade do turismo discutem agenda positiva para o setor

Rio de Janeiro, 30/01/2023

Por Redação GBNEWS

Foto: Divulgação

Roberto Gevaerd, diretor de Gestão Corporativa da Embratur; Roberta Werner, diretora-executiva do Rio CVB; Marcelo Freixo, presidente da Embratur; Carlos Werneck, presidente-executivo do Rio CVB e Jaqueline Gil, diretora de marketing da Embratur. Crédito: Alexandre Macieira/Rio CVB


De olho em oportunidades para fomentar a realização de eventos na cidade do Rio de Janeiro, o trade carioca, representado pelo Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB/VisitRio), reuniu-se na tarde desta segunda-feira (30) com o presidente da Embratur, Marcelo Freixo, e a nova diretora de marketing da agência, Jaqueline Gil. O encontro aconteceu no Copacabana Palace e ainda permitiu que a nova direção da agência fosse apresentada aos mantenedores da entidade. A Embratur e o trade do turismo discutiram ações comerciais para a indução do turismo no país e na cidade, como o programa “Mice”, voltado à captação de eventos.

O presidente do Rio CVB/VisitRio, Carlos Werneck, explicou a importância de trabalhar em parceria para a construção de uma agenda positiva e reafirmou a vocação do Rio de Janeiro para a atração de turistas. "O Rio é o cartão postal do país, a porta de entrada do turismo internacional. Explorar a imagem da cidade é cuidar da divulgação do país como um todo. Iniciamos esse diálogo hoje, pois queremos trabalhar alinhados: poder público e iniciativa privada. Assim, vamos construir um turismo forte e estável. E nós, do Rio Convention, entidade que congrega a cadeia produtiva do turismo, estamos à disposição para ajudar a nova direção da Embratur no que for preciso", ressaltou Werneck.

Em sua primeira agenda pública oficial, o presidente da Embratur, Marcelo Freixo, destacou como prioridade a reestruturação do banco de inteligência de dados da agência e a remodelagem do plano internacional de marketing.

"Encontramos um déficit de informação muito preocupante. Por isso, uma de nossas primeiras ações foi a contratação de um especialista responsável pelo big data da Embratur, que é o que vai orientar nossas tomadas de decisões para que possamos alcançar nossos objetivos, que é atrair mais visitantes para conhecer nosso país, gerando riqueza, emprego e renda para nosso povo", disse o presidente da Embratur.

A gerente de marketing da Embratur, Jaqueline Gil, revelou que a agência vai retomar o programa profissional do segmento Mice na Embratur, de apoio à captação de eventos internacionais no Brasil. “Muito em breve a gente vai anunciar a composição da nova gerência e do profissional que vai ficar à frente do programa para trabalhar diretamente em parceria com os Conventions Bureau de todo o país e também toda pauta que vem relacionada a essa questão na promoção de eventos já captados, como é o caso, por exemplo, do Web Summit, aqui no Rio de Janeiro”, disse.


Demandas do trade carioca

A diretora-executiva do Rio CVB/VisitRio, Roberta Werner, apresentou à nova direção da Embratur demandas que o trade considera relevantes e que merecem atenção de imediato. Na lista, a resolução do entrave na concessão do Aeroporto Internacional do Galeão; a identificação de gargalos das principais rodovias; o fortalecimento do Rio de Janeiro como porta de entrada de turistas no país; e a reformulação da participação do Brasil em feiras internacionais, além da ampliação do diálogo com correspondentes internacionais. Roberta Werner também destacou a criação de um banco de inteligência de dados voltado ao setor e a elaboração de políticas públicas que contribuam para uma melhor experiência do turista no país e na cidade.

"Essas provocações surgiram de uma reunião que tivemos anteriormente com o Freixo, onde assumimos o compromisso de formalizar esses pleitos. Temos aqui uma oportunidade de enxergar nossas atividades com o protagonismo que elas merecem, visando um futuro promissor para o setor", declarou Roberta.


Comentarios


bottom of page