top of page

Companhia de Ballet de Niterói discute políticas públicas culturais em Portugal

Rio de Janeiro, 11/3/2023

Por Redação GBNEWS

Fotos: Divulgação

Reunião com o prefeito de Braga


A Companhia de Ballet da Cidade de Niterói (CBCN) iniciou, no dia 03 de março, sua primeira turnê internacional. O grupo foi a Portugal, onde o presidente da Fundação de Arte de Niterói (FAN), Fernando Brandão, se reuniu com gestores das cidades de Cascais, Torre Vedras, Braga, Vila Nova de Gaia e Lisboa, para discutir políticas públicas culturais que envolvem os dois países, a fim de trocar experiências de projetos no setor e propor ações de cooperação. “A forma como fomos recebidos em cada local que visitamos demonstra a importância de Niterói estar conectada com o mundo, e está mais do que provado que a cultura é um instrumento que propicia uma interlocução fluida da nossa cidade com outros países. Demos mais um passo importante para promover os artistas de Niterói e todos os nossos projetos culturais, e retornamos com uma resposta muito positiva de todos os gestores com os quais pudemos trocar experiência em Portugal. Isso reforça ainda mais as importantes parcerias que o prefeito Axel Grael instituiu com as cidades portuguesas de Braga e de Nazaré”, afirma Fernando Brandão. Em Cascais, Fernando Brandão foi recebido, por Salvato Telles de Menezes, presidente da Fundação Dom Luís I, órgão municipal responsável pela gestão e programação dos equipamentos culturais da cidade de Cascais. No mesmo dia, Brandão se reuniu com Ana Umbelino, secretária de Desenvolvimento Social, Cultura, Patrimônio Cultural e Turismo da Prefeitura Municipal de Torres Vedras, e com a prefeita da cidade, Laura Maria Jesus Rodrigues, que esteve na plateia assistindo ao espetáculo “Pedra Doce – Poética de Cora Coralina”, que a CBCN está apresentando durante a turnê.

Na segunda-feira (6) de março, Fernando Brandão foi recebido por Germana Soares, gestora do Instituto Pernambuco-Porto, entidade cujo objetivo primário é promover o desenvolvimento científico, acadêmico, cultural e empresarial nas relações luso-brasileiras, nomeadamente entre Pernambuco, no Brasil, e Porto, em Portugal. Na quarta-feira (08), o presidente da FAN foi recebido pelo prefeito de Braga, Ricardo Rio, em visita à prefeitura (Câmara Municipal de Braga). De acordo com Brandão, a troca de ideias foi muito produtiva, assim como o debate de ações culturais, fortalecendo a parceria entre as Cidades Irmãs – Niterói/Braga, protocolo assinado em 2022 pelo prefeito de Niterói, Axel Grael. O acordo visa a promoção e a realização de intercâmbios nos campos da ciência e tecnologia, economia e do comércio, esporte, agricultura, saúde, educação, cultura e turismo, em desenvolvimento recíproco, do mesmo modo como ocorreu a partir da formalização de parceria entre Niterói e a cidade de Nazaré, assinada no início de março deste ano. Brandão encontrou-se ainda com Miguel Lemos, presidente da Águas de Gaia, empresa municipal vinculada à Prefeitura de Vila Nova de Gaia que financia políticas públicas, ações culturais e de sustentabilidade. Além de estreitar as parcerias de Niterói com a cidade de Gaia, bem como já acontece com as cidades de Braga e Nazaré, os gestores abordaram a possibilidade de financiamento de projetos culturais para Niterói e excursões de artistas niteroienses para Portugal. Na quinta-feira (09), o primeiro encontro do dia aconteceu na sede da Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), em Lisboa. Brandão foi recebido pela Coordenadora de Programas de Cultura e Línguas, Maria João Albernaz, para debater parcerias e intensificar o intercâmbio cultural. A OEI é o maior organismo de cooperação multilateral entre países ibero-americanos de língua espanhola e portuguesa. Na sequência, Brandão se reuniu com José Pires, diretor do Teatro José Lúcio da Silva, e com Anabela Graça, Secretária de Cultura de Leiria, que é reconhecida pela Unesco como Cidade Criativa da Música. O presidente da FAN foi recebido também no Arte Institute, organização sem fins lucrativos que promove a cultura e mostra a arte de Portugal para diversos países. É um espaço que oferece ambiente criativo para artistas portugueses na área das artes, literatura, música, dança e cinema, servindo de plataforma de inspiração intercultural e catalisador de um diálogo artístico inovador entre as diferentes origens culturais. Finalizando a agenda de encontros em Portugal, Fernando Brandão compareceu à sede do Fórum de Integração Brasil Europa (FIBE), associação que promove debates, eventos e estudos para a aproximação cultural, econômica e social do Brasil com a Europa. Lá foi recebido pelo diretor Eduardo Jorge Pereira e sua equipe, com a qual Brandão já está alinhando projetos para serem executados ainda esse ano.


Comentários


bottom of page