top of page

BR-116/RJ continua com trecho interditado entre os km 83 (Meudon) e 89 (Soberbo)

Rio de Janeiro, 11/01/2022

Por Redação GBNEWS

Fotos: Sidney Pontes

Foi registrada, na noite desta segunda-feira (10), queda de barreira no Vale da Revolta, no km 84 da Rodovia Rio-Bahia (BR-116/RJ). Um carro com dois passageiros foi atingido pelo material deslizado. As duas vítimas foram atendidas pelos Bombeiros e passam bem, já tendo sido liberadas ontem mesmo. A Defesa Civil de Teresóplis tem duas equipes no local avaliando os riscos.

Oito famílias foram desalojadas temporariamente de suas residências na noite de ontem pela Defesa Civil, que retornou ao local para uma avaliação mais detalhada das condições do trecho. Equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social também está prestando atendimento às famílias.

A rodovia está interditada entre o km-83 (Meudon) e o km-89 (Soberbo) e o trânsito está sendo desviado pela Polícia Rodoviária Federal e Guarda Municipal, com apoio da CRT. Equipes da concessionária vão efetuar a limpeza das pistas, mas devido à continuidade das chuvas a CRT informa que não há previsão para liberação do tráfego. Para quem segue de Teresópolis para o Rio de Janeiro ou vice-versa, o tráfego está normal. A CRT informa aos usuários que informações sobre a passagem de veículos na região podem ser obtidas pelo telefone 0800 0210278.

“A ocorrência foi registrada às 19h01 de segunda-feira e a Defesa Civil chegou ao local às 19h20. O casal de Teresópolis que passava no trecho da rodovia teve o carro atingido pelo deslizamento, mas foi imediatamente socorrido, com ferimentos leves. Retiramos as 8 famílias preventivamente do entorno do deslizamento e retornamos ao Vale da Revolta para a continuidade das vistorias técnicas e acompanhamento das ações da CRT para liberação das pistas”, informa o Coronel Albert Andrade, secretário municipal de Defesa Civil de Teresópolis.

Teresópolis continua em Estágio de Atenção devido aos acumulados de chuva. Fique atento aos alertas via SMS e sirenes do Sistema de Alerta e Alarme. Em caso de emergência, ligue 199.


Comments


bottom of page