Grael: retomada econômica pós pandemia será com obras e emprego em Niterói


O candidato a prefeito de Niterói Axel Grael (PDT) vai priorizar, caso seja eleito, o apoio à retomada da economia e o fortalecimento das vocações econômicas da cidade. Uma das frentes de trabalho é o Mercado Municipal, com atração de produtores da cidade e do interior do estado, além do fortalecimento do setor naval, impulsionado pela dragagem do Canal de São Lourenço. O plano de governo de Grael ainda inclui a adoção de programas de estímulo ao empreendedorismo e ao ambiente produtivo de Niterói.

Axel Grael candidato do PDT à Prefeitura de Niterói (foto Leonardo Simplício)

Nos últimos meses, a pandemia da Covid-19 estabeleceu uma crise sem precedentes e impôs medidas de isolamento social para conter a disseminação do vírus, provocando danos inevitáveis na economia mundial. Para conter o colapso econômico, a Prefeitura de Niterói criou programas para garantir a manutenção de milhares de empregos, como o Renda Básica Temporária, que Grael vai manter até a chegada da vacina. “A pandemia da Covid-19 trouxe impactos inevitáveis para a economia de todo o país. Em Niterói, implantamos programas econômicos para reduzir esses impactos, garantindo condições para uma retomada. A casa está arrumada, a cidade está com suas contas em dia e com a gestão fiscal organizada. Niterói está mais forte e unida para a retomada econômica”, disse Grael, que foi vice-prefeito, secretário Executivo e de Planejamento durante o governo do prefeito Rodrigo Neves, ficando à frente do desenvolvimento e coordenação de programas que beneficiaram milhares de famílias niteroienses. Quatro eixos vão nortear o apoio à retomada da economia e o fortalecimento das vocações econômicas de Niterói: o Polo Logístico do Mar, com a dragagem do Canal de São Lourenço; o Novo Mercado Municipal; o projeto Nova orla, com apoio ao desenvolvimento do turismo; e o fomento ao Ecossistema de inovação e apoio a startups com as universidades. Grael propõe também a criação do Novo Morar Melhor, programa que além de gerar emprego e renda para Niterói, vai promover mais qualidade de vida para os moradores de comunidades e incentivar o setor da construção civil. Mercado Municipal - A revitalização do Mercado Municipal vai consolidar a centralidade de Niterói na Região Metropolitana e no interior do Estado. O espaço terá 180 lojas, que vão comercializar flores, frutas, queijos, entre outros, atraindo pequenos produtores de Niterói e do interior, que hoje só contam com a Cadeg como central de distribuição dos seus produtos. Mais de três mil pequenas e médias empresas já demonstraram interesse em ocupar os boxes. “O Mercado ficou degradado por mais de 40 anos e está numa região abandonada por décadas. Com esse projeto, vamos resgatar a memória afetiva dos niteroienses através da revitalização desse patrimônio histórico da cidade. Além da modernização do espaço, todo o entorno será requalificado, com projeto paisagístico e urbanístico da região”, detalhou Grael. Canal de São Lourenço - A dragagem do Canal de São Lourenço é outro importante passo para o crescimento econômico da cidade. Após a realização da obra, a expectativa é que 15 mil empregos sejam criados no setor, viabilizando a atuação de mais de 200 empresas de médio e grande porte.

Morar Melhor – A retomada econômica também promoverá melhorias habitacionais e sanitárias de moradias nas comunidades de Niterói. O Programa Novo Morar Melhor prevê um plano de revitalização dos acessos e melhorias habitacionais envolvendo empresas da construção civil, gerando emprego e renda. Tecnologia – Outra importante ação estratégica que vai dar continuidade ao desenvolvimento econômico de Niterói é o fomento ao Ecossistema de Inovação, com apoio às startups e parceria com universidades. Nova Orla - A modernização da orla, com ações para mitigar os efeitos das ressacas e o novo calçadão da Praia de Piratininga, está entre as propostas de Axel Grael para o turismo, eixo fundamental para a cidade nesse próximo ciclo.