Semáforos de Petrópolis poderão contar com aviso sonoro


Medida visa dar autonomia de travessia para pessoas com deficiência visual

Uma indicação legislativa aprovada na Câmara Municipal da Cidade Imperial pode ajudar a dar mais autonomia às pessoas com deficiência visual. Trata-se da instalação de equipamento sonoro junto aos semáforos da cidade, que irão emitir sinais intermitentes indicando a possibilidade de travessia. A proposta é de autoria do vereador Marcelo da Silveira (MDB) e agora segue para a Prefeitura de Petrópolis, que poderá enviar um Projeto de Lei para aprovação dos parlamentares.

De acordo com a proposta, os equipamentos deverão emitir o sinal sem estridência e a instalação deverá ser realizada em semáforos do Centro, devido ao maior movimento e circulação de pessoas. O documento que será enviado ao executivo veda que a administração pública ou empresa terceirizada faça a aquisição de novos equipamentos que não contemple os sinais sonoros.

“Existe um número significativo de deficientes visuais nas cidades e que, mesmo conhecendo o trajeto que devem fazer, dependem da cooperação de outras pessoas, como por exemplo, para a travessia de ruas e avenidas. Os semáforos sonoros possibilitam uma independência maior aos portadores de deficiência visual, facilitando sua mobilidade. A independência das pessoas com deficiência visual, além da demonstração de respeito, é um ato de cidadania”, justifica o autor da proposta, Marcelo da Silveira (foto).

A indicação destaca, ainda, que se deve haver igualdade e paridade de direitos entre todos que utilizam as vias públicas. “A própria Carta Magna iguala a todos, não fazendo diferença entre as pessoas, entretanto, para atingir a plena igualdade, devem-se olhar as diferenças, trabalhar para construir uma sociedade mais justa e proporcionar oportunidades semelhantes”.

As despesas decorrentes da proposta serão por conta de dotações orçamentárias próprias.