TSE cassa mandato do prefeito e vice de Paraty


Casé já recorreu ao STF para retornar ao comando administrativo de Paraty (reprodução tv)

O prefeito de Paraty, Carlos José Gama Miranda, o Casé, e o vice, Luciano de Oliveira Vidal, ambos do MDB, foram afastados sob alegação de abuso de poder político durante campanha eleitoral de 2016. O presidente da Câmara de Vereadores, Valceni da Silva Teixeira (DEM), assumiu a prefeitura do município na última quarta-feira (5).

Em nota, a prefeitura de Paraty informou que foi notificada da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e que o prefeito e o vice já recorreram da decisão de afastamento ao STF, para que seja respeitada a decisão de primeira instância, que considerou que não houve nenhuma irregularidade no programa social “Paraty, minha terra é aqui”.

O prefeito em exercício informou que faz parte do mesmo grupo político de Casé e que não haverá substituição de secretários de governo. Ou seja, não haverá mudança na administração municipal.

Quanto à realização de uma nova eleição, ainda não há data definida. É necessário aguardar uma resolução do TRE, que deve ser publicada na próxima semana. De acordo com as regras eleitorais, o novo pleito deve ser realizado a partir de 45 dias após a publicação desta resolução.