Milhares de pessoas buscam emprego num feirão no Rio

Os salários chegam a R$ 1.260 e são oferecidas

850 vagas para diversas especialidades

Foto reprodução TV Globo

Nesses tempos bicudos de crise econômica e com cerca de 13 milhões de trabalhadores desempregados em todo o país, sendo 1,3 milhão no Estado do Rio de Janeiro. Desde ontem, mesmo com chuva, cerca de 5 mil de pessoas formaram uma imensa fila em frente Universidade Castelo Branco, em Realengo, Zona Oeste, que promove o Feirão do Emprego.


O feirão oferece 850 vagas de emprego com média salarial de R$ 1.260. Adilson, que não quis revelar o sobrenome, era o primeiro da fila com mais de 24 horas de espera para se inscrever. O segundo, Israel Davi, disse que está desempregado há um ano e meio e que tinha muita esperança de sair com a carteira assinada.


As vagas disponíveis são para diversos cargos como auxiliar de serviços gerais, vigilante patrimonial, auxiliar de loja, consultor de vendas, motorista e muito mais.


Em sua primeira edição, o projeto "Castelo Dá Trabalho" contou com diversos profissionais de recursos humanos para entrevistar candidatos de diversos níveis de escolaridade. As senhas foram distribuídas das 9 às 11 horas.