Azul e Branco inicia preparativos para o “Maricarnaval”

Com o retorno dos desfiles das escolas de samba ano que vem, após paralisação por 8 anos, período que Washington Quaquá (PT) foi prefeito de Maricá, as agremiações estão se movimentando para apresentar um belo espetáculo que em certa época foi apontado como o segundo melhor do Estado, perdendo apenas para o Rio

Foto GBNEWS

Rafael Caçula vai movimentar a roda de samba da Azul e Branco

O GRES Azul e Branco de Maricá presidido por Wagner Carvalho programou para sábado (07/10), churrasco regado a roda de samba a partir das 17 horas na quadra do CAIC, Av. Guarujá, em São José do Imbassai, altura do Km 22 da RJ-106.

“Será o 1º Show da Família Azul e Branco com uma roda de samba da melhor qualidade com o grupo do Rafael Caçula; bateria Treme Terra do mestre Baiaco; apresentação do mestre sala Marcio Guedes e da porta bandeira Natália Monteiro (foto); coroação da rainha da bateria Dany Lima e o lançamento do enredo para 2018 do carnavalesco Tarcísio Zanon; além de passistas e musas”, disse ao GBNEWS o diretor social e artístico da agremiação Claudio Fabri, acrescentando que o intérprete oficial da escola é Rodrigo Gol.


No lugar da tradicional feijoada, a Azul e Branco servirá prato de churrasco das 18h às 22h com custo individual de R$ 20. As reservas podem ser feitas pelos telefones 99796-2631 e 97958-1251.


Desfile


Os desfiles das escolas de samba serão realizados no último final de semana do mês de julho, no evento oficial do calendário da cidade “Maricarnaval” que terá a 1ª edição em 2018.

Visando atrair mais turistas nas férias de meio de ano, gerando emprego e renda, o vereador Dr. Felipe Auni (PSD) apresentou o Projeto de Lei criando o “Maricarnaval” – apenas para desfiles das escolas de samba – que foi aprovado pela Câmara de Vereadores e sancionado sem vetos pelo prefeito Fabiano Horta (PT).


Na sessão ordinária desta segunda-feira (25/10) foi aprovado por unanimidade (17 votos), o nome para a passarela do samba de Adélia Breve, ex-1ª dama de Maricá, entusiasta dos desfiles das escolas, recentemente falecida. O projeto de lei é do Dr. Felipe Auni em parceria com o também vereador Ismael Breve (DEM), irmão de Adélia. O PL segue para ser transformado em lei pelo prefeito Fabiano Horta.


Na foto de GBNEWS, o diretor social e artístico da Azul e Branco Cláudio Fabri e o vereador dr. Felipe Auni fazem o sinal de positivo para esta nova fase do mundo do samba de Maricá.

Rainha da bateria Dany Lima

Intérprete Rodrigo Gol

Mestre sala Márcio Guedes