top of page

Um nome para a Saúde de Maricá

Rio de Janeiro, 25/7/2021

Por Gilson Barcellos

A Secretaria de Saúde conta com o Dr. Ernesto Che Guevara principal hospital municipal no atendimento as vítimas da Covid-19 em Maricá


Quem será o novo secretário de Saúde da cidade de Maricá? Essa é a pergunta feita nas esquinas da cidade e nas redes sociais, desde o pedido de exoneração da secretária Simone Costa, no dia 19 deste mês, alegando que o afastamento era devido a problemas de saúde.


Na mesa do prefeito Fabiano Horta (PT) vários nomes surgiram, pelo menos uns quatro. O chefe do executivo analisa o lado político, se a ficha é limpa e, principalmente, a experiência e competência para administrar uma das mais importantes pastas do governo, ainda mais nesta época de pandemia do coronavírus para onde todos os holofotes estão voltados.


Entre os nomes, o do médico-vereador Felipe Auni (PSD), que integra a base governista na Câmara Municipal onde já presidiu a Comissão de Saúde. Neste posto, Auni acompanhou o dia a dia da saúde maricaense e, segundo informações, seu nome tem bom trânsito nas áreas médica e política da cidade.


Felipe Auni tem experiência no executivo. Foi secretário municipal de Saúde em Miguel Pereira, onde implantou vários projetos como o CAPS, modernizou e humanizou os postos de saúde nos anos de 2013 e 2014. Deixou o cargo por motivos de família, com as contas aprovadas pelo TCE.


Sem parar de exercer a medicina, em Maricá, acabou ingressando na política, sempre com o compromisso com a Saúde Pública. Presidiu a Comissão de Saúde da Câmara Municipal no período 2017/2020, acumulando com a vice-presidência da mesa diretora da Casa. Nesse período acompanhou o dia a dia da Saúde para atender as reivindicações da população.


Esse é um dos nomes na mesa de Fabiano Horta que deve anunciar brevemente o sucessor de Simone Costa.


Comments


bottom of page