top of page

Tradição de Maricá conquista o quinto título de campeã

Rio de Janeiro, 15/02/2024

Por Gilson Barcellos

foto: Reprodução

Após 16 anos de paralisação, as escolas de samba de Maricá voltaram a desfilar. A grande campeã de 2024 é a Tradição de Maricá, seguida da Saco das Flores, Inocentes de Maricá e Azul e Branco. A última campeã, em 2008, foi a Inocentes.


Grêmio Recreativo Escola de Samba Tradição de Maricá  foi fundado no Loteamento Jardim Nova Metrópoles, no bairro Itapeba. Sagrou-se tri-campeã consecutiva do Carnaval da cidade, tendo conquistado os títulos de 2005, 2006 e 2007, além de ter vencido também em 2001.

(foto Marcos Fabrício)


Se apresentaram na sexta-feira de carnaval na Passarela Adélia Breve, no Centro da cidade, pelo grupo de acesso, Herdeiros de Maricá, Acadêmicos do Caxito e Flor do Imbassaí (com até 30 minutos de desfile), seguidas pelas escolas do Grupo Especial: Império da Camisa Azul e Branco, Unidos do Saco das Flores, Tradição de Maricá e Inocentes de Maricá (com 45 minutos cada).


O prefeito Fabiano Horta (PT) avaliou a volta dos desfiles como um reencontro de Maricá com sua forte identificação com o Carnaval. “Maricá tem uma cultura de Carnaval muito viva, e é com muita alegria e satisfação que trazemos este evento de volta, reforçado pela presença da União de Maricá na Sapucaí. A movimentação das comunidades é grande na preparação e as escolas estão passando com toda a garra e euforia, e torcemos para que isso cresça porque cria vínculos sociais. Para nós, é o resultado de um trabalho de nossa gestão desde 2009 e também é um legado que deixamos”, ressaltou o prefeito.



Resultado final:


Grupo de acesso


Flor do Imbassaí – campeã


Acadêmicos do Caxito – segunda colocada


Herdeiros de Maricá – terceira colocada


Grupo especial


Tradição de Maricá – campeã


Saco das Flores – vice-campeã


Inocentes de Maricá – terceira colocada


Império da Camisa Azul e Branco – quarta colocada


A União de Maricá ficou em quarto lugar no desfile da Série Ouro na Marquês de Sapucaí, que teve como campeã a Unidos de Padre Miguel que retorna ao Grupo Especial 52 anos depois.

 

Comentarios


bottom of page