PGJ participa da segunda aula de curso sobre o papel dos municípios na Segurança Pública

Rio de Janeiro, 13/5/2022

Por Redação GBNEWS

Foto: MPRJ

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Instituto de Educação Roberto Bernardes Barroso (IERBB/MPRJ), realizou, nesta sexta-feira (13), a segunda aula do curso “A importância dos Municípios na Segurança Pública”, por meio da plataforma online Teams. Na abertura, o procurador-geral de Justiça, Luciano Mattos, cumprimentou palestrantes e convidados, destacando a importância do evento:


“Eu sou um entusiasta desse projeto, e penso que tão logo tenhamos realizado esse curso, com quatro dias de trabalho, será possível envolver diretamente os prefeitos dos municípios do nosso estado nessa capacitação e reflexão sobre a participação na área de segurança. Já iniciamos uma parceria com o município do Rio de Janeiro em relação à ocupação irregular do solo. Fizemos um acordo de cooperação e criamos uma força-tarefa envolvendo nossa equipe do Gaeco e outros promotores, produzido um resultado extremamente relevante na área de segurança, notadamente no que se refere a áreas de milícia na zona Oeste. Em nosso último levantamento, constatamos que as operações para demolição de construções irregulares resultaram em um prejuízo estimado em mais de R$ 45 milhões para essas organizações criminosas.”


A subprocuradora-geral de Planejamento e Políticas Institucionais, Ediléa Gonçalves, parabenizou a todos pela iniciativa: “Tenho certeza de que esse curso será de grande importância para o conhecimento de membros e servidores, pois o tema segurança Pública é muito rico. É fundamental essa integração entre municípios, estados e Ministério Público no combate efetivo à criminalidade”, disse.


Idealizado pelo promotor de Justiça Reinaldo Lomba, coordenador- geral de Segurança Pública (COGESP/MPRJ), e pelo promotor de Justiça David Francisco de Faria, coordenador-geral de Atuação Coletiva Especializada do MPRJ, o curso acontece até o fim de maio, sempre às sextas-feiras, e busca capacitar gestores municipais.


A segunda aula teve como tema “Prevenção à violência baseada em evidências”, com palestras de Tâmara Biolo Soares, presidente do Instituto Cidade Segura; Marcelo Caumo, prefeito de Lajeado, no Rio Grande do Sul, e Everton Oltramari, presidente do Instituto Cidade Segura. Foram apresentados casos positivos na gestão da Segurança Pública e os desafios superados, além de assuntos como formação parental, fatores de risco juvenis para a violência, justiça restaurativa, evasão escolar, e o papel da guarda municipal, entre outros.


Próximos encontros


No dia 20 de maio será realizada a terceira aula, “As evidências sobre o uso de tecnologias de monitoramento urbano”, com Lucas de Oliveira Cardoso, ex-secretário municipal de Segurança Pública e Guarda Municipal de Atibaia, em São Paulo, e Alberto Kopittke, diretor executivo do Instituto Cidade Segura. No dia 27 de maio, encerrando o curso, o assunto será “Espaços Urbanos e prevenção ao crime e violência”, com Julia Guerra Fernandes, gerente executiva do Centro de Ciência Aplicada à Segurança Pública da FGV (FGV CCAS), e Marília Gouveia Ferreira Lima, secretária municipal de Urbanismo, Habitação e Meio Ambiente de Sobral, no Ceará.