top of page

Patch Adams brasileiro transforma educação em remédio para crianças em tratamento de câncer

Rio de Janeiro, 07/6/2022

Por Caroline Soares

Fotos: Divulgação

O câncer é a maior causa de morte não violenta de crianças e adolescentes no mundo. Só no Brasil são 2.565 mortes anuais, segundo o Instituto Nacional de Câncer.


O INCA estima que até dezembro de 2022 sejam diagnosticados no Brasil 8.460 novos casos de câncer infanto-juvenis. Dados revelam também que com os avanços no tratamento, mais de 84% das crianças com câncer sobrevivem 5 ou mais anos, um aumento considerável desde meados da década de 1970, quando a taxa de sobrevida em 5 anos era de apenas 58%.


Mediante esse cenário, o projeto Happy School entra em cena com o objetivo de diminuir o sofrimento do paciente que está internado e também dos pais que acompanham todo o processo.

O trabalho educativo na área oncológica é ministrado por educadores palhaços e prevê o ensino da língua inglesa com a finalidade direta de comunicação básica.

Durante o tratamento de quimioterapia, os alunos estarão em condições de aprender como se inicia uma conversa simples em inglês, o alfabeto, números de 0 a 100, o verbo To Be e verbos importantes, além de adjetivos para definir pessoas, alimentação e lugares turísticos.


Familiares e acompanhantes constataram a significativa redução da dor nas crianças após a intervenção dos palhaços professores. Para esse efeito, estudos comprovam que durante o riso há a diminuição dos níveis do cortisol e liberação de endorfina pelo cérebro, que são capazes de reduzir a dor e causar a sensação de bem-estar. Desta forma, comprova-se a eficácia da risoterapia agregada às aulas de inglês como um tratamento complementar ao tratamento convencional na redução da dor do paciente.

“Quando as professoras palhaças chegam na UTI, o ambiente sério e tenso de quartos e corredores dos hospitais se transforma. O choro é interrompido. A dor e as doenças são temporariamente esquecidas. A injeção, neste momento, é de alegria”. Comenta Gabriel Frozi, fundador da escola Recreio Christian School, que já realizou vários projetos inclusivos que transformaram a vida de inúmeras pessoas.


O empresário da educação é um visionário. Como fundador e CEO da Recreio Christian School, sempre buscou promover uma escola diferente que estivesse preparada para a inclusão de todos.


Dentro dessa ideologia nasceu a iniciativa de responsabilidade social com o treinamento gratuito de professores da rede pública de ensino, que precisavam lidar com a tecnologia de cursos online durante a Covid-19, além de toda a assistência com os alunos com déficit de atenção, e ainda, aulas de inglês gratuitas para os moradores de rua. Após a pandemia, Gabriel Frozi se uniu a Pablo Tavares, diretor da Trupe Miolo Mole, para levar risos e aulas de inglês aos quartos e corredores dos hospitais.

O projeto solidário continua com vagas abertas para aulas semanais de inglês gratuitas em hospitais, ministradas por professores palhaços com a intenção de disponibilizar e mobilizar a ação de responsabilidade social pelo Brasil inteiro.

Projeto: Aulas gratuitas de inglês para crianças em tratamento de câncer e internos da UTI

Quando: Toda segunda-feira

Horário: Das 13h00 às 18h00

Local: Hospital Estadual da Criança Vila Vaqueire

Endereço: Rua Luiz Beltrão, 147 - Vila Valqueire, Rio de Janeiro -

Os hospitais podem se inscrever pelo


Sobre a Recreio Christian School:

A escola bilíngue, Recreio Christian School foi eleita Top 4 do Enem e vencedora do Prêmio Full Sail, promovido pela universidade americana. Acumulou em 2021 inúmeros prêmios em olimpíadas estudantis e garantiu a aprovação de muitos estudantes nas principais universidades do país e no exterior por conta de um método de ensino único baseado no sistema de avaliação próprio, que prioriza a participação em sala de aula, o comprometimento com os deveres de casa e a atuação em projetos sociais, onde as provas bimestrais representam apenas 30% do sistema de avaliação da RCS. Atende turmas do infantil ao 3º ano do Ensino Médio. Prepara os alunos para as melhores universidades do Brasil e do exterior, além de ser a única escola da América Latina com toda equipe especializada em alunos com TDAH.



bottom of page