Pacientes suspeitos de Covid-19 são atendidos no Polo de Inoã em Maricá

Rio de Janeiro, 07/12/2020

Por Redação GBNEWS


Foi inaugurada nesta segunda-feira (07) a ampliação do polo exclusivo de atendimento para pacientes com suspeita de Covid-19, em Inoã, distrito de Maricá, no Rio de Janeiro. O polo fica localizado atrás da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e tem capacidade aproximada para atender 200 pacientes por dia e funcionará das 8h às 20h.

(fotos Anselmo Mourão)


Os pacientes com suspeita da doença causada pelo coronavírus que derem entrada na UPA, serão encaminhados para o polo, que conta com salas de espera diferentes, evitando o chamado cruzamento de fluxos, que aumenta o risco de contágio.


De acordo com a secretária de Saúde, Simone Costa, o polo de triagem de Inoã visa principalmente o tratamento precoce.


“Esse polo vai atuar em todo terceiro distrito e é importante que todos os sintomáticos respiratórios de síndromes gripais e de síndromes respiratórias agudas possam procurar o polo para o primeiro atendimento e identificação do quadro. Lembrando que é de extrema importância identificar o quadro o mais rápido possível”, alertou a secretária.


"Caso o paciente chegue a unidade com quadro febril, ficará em um espaço com outras pessoas que apresentam o mesmo sintoma, como ocorre nos outros polos exclusivos para atendimento à pacientes com suspeita de contaminação”, explicou o coordenador médico regional de Maricá, Paulo Vinicius Lima Freire.

Morador da Estrada dos Cajueiros, Enoque Junior, de 43 anos, contou que começou a ter os sintomas do vírus e foi até a UPA. “Quando cheguei na unidade eles me trouxeram para a tenda e eu achei bem melhor. Ótimo que não ficamos em contato com as outras pessoas que estão com outras doenças”, disse.

“Eu estou com Covid e quando cheguei aqui e vi que tinha o polo fiquei mais confortável. Muitos locais não têm esse atendimento e aqui temos os recursos que precisamos”, relatou Elza Pereira, de 55 anos, moradora de Itaipuaçu.