Pós-pandemia: Seminário em Maricá discute o turismo rural e de aventura no Estado

Rio de Janeiro, 21/7/2021

Por Gilson Barcellos

Fotos: Paulo Celestino

A quarta-feira (21) em Maricá foi marcada pelo I Seminário Estadual de Turismo Rural e de Aventura. O encontro, com o tema “Tendências e Oportunidades no Pós-Pandemia, aconteceu de forma híbrida, presencial e online, e contou com representantes do turismo de diversos municípios do Estado e da iniciativa privada.


No painel de abertura, o prefeito anfitrião Fabiano Horta (PT) destacou a importância da discussão de tendências e oportunidades no setor, especialmente no pós-pandemia.


“A vocação natural da nossa cidade para o turismo rural e de aventura pode e deve ser explorada de forma planejada e sustentável. Maricá tem áreas esplêndidas com potencial imensurável. Seguiremos trabalhando avançando! Horta pontuou a diversidade turística da cidade, mas lembrou que o momento é de se reconectar com a terra, através das áreas rurais. Aqui somos uma área metropolitana junto à costa, que é praiana e rural, e essa última parte é a tendência atual. As pessoas vão buscar um recontato com a terra. A diminuição da pandemia gera uma expectativa de superação, e Maricá tem um forte turismo rural. Nossa ideia é trocar experiências para expandir essa natureza turística”, avaliou Fabiano, destacando a beleza da Fazenda Pública, Joaquim Piñero, no Espraiado, na Zona Rural de Maricá, local escolhido para o evento.


O secretário de Turismo do Estado, Gustavo Tutuca, que participava de evento na cidade de Vassoura (Sul fluminense), por vídeo conferência, participou do painel de abertura. Tutuca destacou a importância do atual momento do planejamento da retomada do turismo e o mérito de eventos como o seminário, que debatem o turismo ao ar livre que vem despontando como a nova vocação do Rio de Janeiro.

Secretário Tutuca utilizou a tecnologia para participar do evento


“Nós estamos conversando com os municípios e desenvolvendo uma ação importante direcionada ao turismo rural. Trata-se de uma parceria de cooperação técnica entre a Setur-RJ, a TurisRio, a Secretaria de Agricultura e o Instituto de Geografia da Uerj. Já percorremos vinte municípios, fazendo o inventário turístico do turismo rural. O nosso objetivo é percorrer as doze regiões e, ao final, lançar um portal de turismo rural. Isso faz parte do trabalho da secretaria de fortalecimento dos destinos para a retomada. O turismo foi a primeira atividade a paralisar as atividades e, provavelmente, será a última a retomar com plenitude no pós-pandemia. Por conta disso, estamos planejando um trabalho forte de promoção dos destinos do estado do Rio em outros estados. Nesse primeiro momento, vamos captar o turista nacional e acredito que o Rio de Janeiro vai ser protagonista para esses turistas, não só pra capital, mas para o interior”.

O evento foi realizado pela Prefeitura de Maricá e pela Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar).