Novo campus de tempo integral em Maricá atenderá 5 mil alunos

Rio de Janeiro, 23/6/2022

Por Redação GBNEWS

Fotos: Clartildo Menezes

Novo campus em Itaipuaçu ainda não tem data para a inauguração


Nesta quarta-feira (22) aconteceu a visita técnica ao Campus de Educação Pública Transformadora (CEPT) de Itaipuaçu com o prefeito Fabiano Horta (PT), a secretária de Educação, Adriana Costa, e o presidente da autarquia Serviços de Obras de Maricá (Somar), Guthyerre Alves dos Santos. A estrutura da obra, com terreno de 24.300m², abrigará área de lazer, quadras poliesportivas, cineteatro, dois refeitórios, cinco laboratórios, uma biblioteca, 81 salas de aula, 22 salas multimídias, entre outras, totalizando 128 salas. Essa será a 28ª escola em tempo integral existente na cidade para cinco mil alunos.

Prefeito Fabiano Horta foi ver de perto o andamento das obras em Itaipuaçu

“Hoje fizemos mais uma vistoria nas obras do CEPT, em Itaipuaçu, – construção fundamental para transformar o referencial da educação na cidade –, em fase final de execução. A expectativa é que até o fim do ano entregaremos mais essa obra. Através desse lugar iremos transformar a educação de forma radical, na perspectiva do ensino integral”, disse o prefeito Fabiano Horta durante a visita.

A nova unidade está sendo construída em uma área pública, localizada na Avenida Jardel Filho (antiga Avenida 2), entre as ruas 52 e 53, no Jardim Atlântico, em Itaipuaçu. Vai funcionar em tempo integral e atenderá aproximadamente cinco mil alunos. A secretária de Educação, Adriana Costa, afirmou que o objetivo da visita está sendo alcançado e que muito em breve a obra será entregue para a população. “Aqui teremos o núcleo comum, oficinas de dança, idiomas e muito mais. Também trabalharemos bastante a questão emocional a partir das atividades extracurriculares, que auxiliará a vida dos nossos alunos e dos nossos profissionais. Essa será a 28ª escola em tempo integral do nosso município, sendo a primeira a ter esta magnitude na região. Poder transformar a vida das pessoas através da educação, não tem preço!”, ressaltou a secretária.