top of page

Museu de Arte do Rio e Escola do Olhar são referências internacionais de arte e cultura

Rio de Janeiro, 08/5/2023

Por Redação GBNEWS

Foto: Thales Leite

Museu de Arte do Rio na Zona Portuária carioca


A quinta edição do RHI (Revolution Hope Imagination), que acontece até quinta-feira (11) em Portugal, marca a internacionalização de agentes culturais que promovem a arte e a educação por meio de programas institucionais. O Brasil está representado pelos projetos desenvolvidos pelo Museu de Arte do Rio (MAR) e pela Escola do Olhar, além da escola virtual de economia criativa Co.liga, iniciativas da Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura no Brasil (OEI).


“Para nós é um momento de muita satisfação, de reconhecimento do trabalho que vem sendo desenvolvido tanto no Brasil como na região ibero-americana. Colocamos o MAR no circuito dos museus que têm muito a oferecer à comunidade internacional, por meio de suas exposições e atividades educativas, que discutem temas de grande relevância para a atualidade. A Co.liga, em apenas um ano e meio, tem mais de 25 mil alunos matriculados, está em todo o Brasil e mais sete países, o que nos enche de orgulho”, comemora Raphael Callou, diretor da OEI no Brasil, organismo internacional que administra o museu desde 2021.

MAR e Escola do Olhar

Inaugurado em março de 2013, no Rio de Janeiro, como um espaço dedicado à arte e à cultura visual, o Museu de Arte do Rio tem como eixo estruturante a confluência entre educação e arte. Ao lado do Programa de Exposições e das suas Coleções, é precisamente a Escola do Olhar que concentra a proposta de fomentar processos de formação para e com os públicos de maneira a produzir significados coletivos artísticos, culturais, sociais, políticos e econômicos.

Consolidada como um polo de pesquisa, produção e difusão de conhecimento, a Escola do Olhar oferece suas atividades gratuitamente, baseadas na mediação cultural, para um público amplo, desde bebês até idosos, além de disseminar seus conhecimentos e práticas da arte-educação para além dos espaços do MAR.


São apresentados os projetos Vizinhos do MAR, Atelier Poético e MAR nas Escolas aos participantes nas seis cidades portuguesas. “Existe a relação de um museu que é uma escola, e uma escola que é um museu. E toda essa relação perpassa essa construção por meio da mediação realizada pela Escola do Olhar”, comenta Sandra Sérgio, diretora do MAR e coordenadora de Projetos Especiais da OEI no Brasil.


Comments


bottom of page