top of page

Maricá treina novos fiscais em meio ambiente aprovados em concurso

Rio de Janeiro, 12/02/2022

Por Redação GBNEWS

Fotos: Katito Carvalho

A Prefeitura de Maricá promoveu esta semana treinamento sobre meio ambiente com palestras e atividades de campo para os oito fiscais de obras e meio ambiente do município aprovados no concurso público de 2018. O treinamento integra cronograma de capacitação, que termina dia 25/02, dos novos servidores, que foram convocados para atuar em ações de fiscalização na Secretaria de Cidade Sustentável e na Companhia de Saneamento de Maricá (Sanemar).

Os agentes visitaram, entre os dias 7 e 11 de fevereiro, as unidades de conservação do Espraiado e do Silvado, navegaram pelo sistema lagunar e fizeram curso sobre legislação na Escola Municipal de Administração Maricá (EMAR), além de formação voltada ao saneamento básico com técnicos da Sanemar, na sede da Companhia. Os fiscais também tiveram aulas de legislação ambiental com técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e conheceram ainda o início do circuito de trilhas Caminhos de Darwin, em Itaipuaçu, e o túnel da antiga Estrada de Ferro Maricá, na Serra do Calaboca, em Inoã.


Potencial da cidade e legislação ambiental

Responsável pelo treinamento, diretor de fiscalização de obras e meio ambiente da Secretaria de Urbanismo, Bruno Marins, ressaltou que o potencial ambiental de Maricá também esteve entre os temas abordados nas palestras.


“Agora eles já conhecem muitos dos trabalhos desenvolvidos nas unidades de conservação de responsabilidade da Secretaria da Cidade Sustentável. Fizemos uma visita ao sistema lagunar, um dos locais que mais sofrem com os lançamentos irregulares de esgoto, tema vital para as atividades desempenhadas por esses fiscais”, destacou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além de ficarem por dentro de todos as ações realizadas pelo Inea no município, uma aula sobre leis ambientais foi oferecida pelo analista ambiental Antônio Carlos Gusmão.

“Quem recebe treinamento se sente respeitado, valorizado, mas é importante que cada um continue estudando. As leis ambientais são muitas e estão nas esferas federal, estadual e municipal. Para ser um bom fiscal é necessário seguir se capacitando”.

Novos fiscais celebram oportunidade de aprender mais sobre a função

Para Alexandre Rodrigues, de 29 anos, que vive em Maricá, as visitas são fundamentais para ampliar a visão dos seus companheiros de trabalho a respeito da complexidade e da diversidade do meio ambiente da cidade.

“Mesmo sendo morador de Maricá, eu não tinha a visão completa de tudo que o nosso município realiza em prol do meio ambiente. Com certeza essas atividades vão nos ajudar muito a desempenhar de forma mais eficiente a nossa função, pois é um conhecimento que agrega demais e nos deixa seguros para colaborar com o desenvolvimento sustentável de Maricá”, afirmou.

Na avaliação de Isabela Moreira, 28 anos, que se mudou recentemente para Maricá, por conta do novo trabalho, é muito importante conhecer aquilo que se vai preservar, além da legislação.

“Maricá tem muitas áreas que precisam ser preservadas e, com as visitas, palestras e aulas, conseguimos ter um primeiro olhar sobre aquilo que é prioridade, importante e como deve ser feito. É preciso inclusive conhecer tudo isso que nos foi apresentado até aqui, porque já despertou em mim um sentimento de orgulho por estar trabalhando nesse município”, disse.


bottom of page