top of page

Maricá inicia quarto ciclo da Pesquisa Sentinela Covid-19

Rio de Janeiro, 17/8/2022

Por Redação GBNEWS

Fotos: Divulgação

Começaram nesta terça-feira (16) as visitas domiciliares do quarto ciclo da Pesquisa Sentinela Covid-19, realizada para verificar a incidência do novo coronavírus na população de Maricá. Nos próximos dias, as equipes farão visitas a 385 moradores sorteados para a realização de exames PCR (swab nasofaríngeo) e sorológico (coleta de sangue). Os bairros definidos foram Boqueirão, Saco das Flores, Parque Nanci, Araçatiba, Bambuí, Caju, Zacarias e Itapeba. A pesquisa é coordenada pelo Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM) em parceria com as secretarias de Saúde e de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher.


Pela manhã, antes de iniciarem o estudo em campo, as equipes receberam o treinamento do coordenador do projeto e chefe de gabinete do ICTIM, o biólogo Carlos Senna, e da colaboradora e bióloga Hanna Almeida.


"Ampliar a pesquisa nos permite aprimorar a identificação dos vírus da Covid-19 e das Influenza A e B na cidade, assim como suas sequelas. Ou seja, ao fim dos ciclos, teremos 1.540 moradores testados", disse Senna.


Moradores fazem testes de Covid


O pedreiro Edvaldo dos Santos, de 69 anos, morador do Parque Nanci, fez seu quarto teste PCR. "Fiz três vezes durante a pandemia, mas nunca testei positivo. Já tomei três doses da vacina e vou tomar a quarta. Passei ileso pela Covid-19", comemorou.


Moradora do mesmo bairro, o motorista Carlos Freitas, de 55 anos, nunca tinha feito um exame PCR. "Durante a pandemia perdi o olfato e o paladar, mas não fiz exame. Fiquei em casa, bem quietinho e em alguns dias, melhorei. Já tinha tomado uma dose da vacina", explicou.


Outro exemplo é a idosa Zilma Lacerda, de 87 anos. Vacinada com as quatros doses, nunca pegou Covid-19.


"Meu filho e minha nora tiveram, mas eu não peguei. Nunca tive sintomas. Fiz quarentena, utilizei máscara. Me cuidei direitinho. Fiquei muito feliz de ter a minha casa sorteada para a pesquisa", afirmou.


bottom of page