top of page

Maricá EduTech vai oferecer 200 vagas de cursos de qualificação em tecnologia da informação

Rio de Janeiro, 11/9/2022

Por Redação GBNEWS

O Maricá EduTech programa de treinamento em tecnologias e métodos ágeis para gestão de projetos será lançado no próximo dia 16 com aula magna, aberta ao público, no auditório do Banco Mumbuca, às 15h. O treinamento é voltado para universitários e profissionais que estão em busca de aperfeiçoamento.


Nesta primeira fase, o programa conta com cursos introdutórios e, na segunda, prevista para 2023, com cursos profissionalizantes, como o de desenvolvedor. As inscrições para o Maricá EduTech estarão disponíveis nesta semana. As aulas terão início em outubro, com duas turmas, com carga horária de 80 horas, cada uma com cem vagas.

“O Maricá EduTech é uma iniciativa totalmente pertinente que vai tornar a cidade de Maricá um celeiro de profissionais de tecnologia da informação, criando condições e fortalecendo a possível existência de um ecossistema de startups fundadas na cidade. Além disso, a possibilidade de que seus cidadãos possam prestar serviços além de suas fronteiras, sem precisar emigrar para outras localidades, tendo em vista que a modalidade de prestação de serviço remota é totalmente conveniente para esta categoria de profissionais”, explica o presidente da Codemar (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Maricá), Olavo Noleto. O programa tem como público alvo moradores de Maricá que sejam estudantes universitários e/ou profissionais formados na área de tecnologia. As aulas remotas e presenciais vão abordar o universo da tecnologia, da programação e da gestão de projetos, de forma didática, com linguagem simples, conduzindo o participante na capacitação para desenvolvimento de softwares empresariais, aplicativos, games, realidade virtual e uma gama ilimitada de serviços. “Quando a gente fomenta o desenvolvimento econômico, procuramos colocar a economia da cidade nos setores de maior valor agregado. Estamos promovendo esse curso para que as pessoas entrem no mercado de tecnologia, até pelo incentivo que estamos dando para a instalação de um setor tecnológico de ponta na cidade. Esse curso procura capacitar as pessoas para que elas, em primeiro lugar, entrem no mercado de trabalho, além de criar aqui em Maricá uma massa de trabalhadores qualificados para que empresas de tecnologias venham e tenham aqui mão de obra qualificada”, ressaltou o superintendente da Diretoria de Planejamento da Codemar, Danilo Pitarello. Mão de obra qualificada Segundo a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais (Brasscom), estima-se que o mercado precisará de 420 mil profissionais até 2024. “Então, não é convocar profissionais qualificados de fora, para os futuros empreendimentos, é qualificar os próprios munícipes para que eles sejam os atores dessa política de desenvolvimento. Além de qualificar para o mercado de trabalho, o objetivo do EduTech visa o ganho a longo prazo”, enalteceu Pitarello.


Comments


bottom of page