MARAEY conquista o 2021 Leadership Award para América Latina do U.S. Green Building Council

Rio de Janeiro, 10/6/2021

Por Amanda Barros


MARAEY, o principal empreendimento turístico-residencial sustentável do Brasil, que será construído em Maricá, acaba de conquistar o Prêmio de Liderança do U.S. Green Building Council 2021 para América Latina (2021 USGBC Leadership Award Latin America). O projeto foi reconhecido pela alta pontuação que alcançou na conquista da pré-certificação do Sustainable SITES Initiative® (SITES), na categoria Gold - o primeiro na tipologia de uso misto em toda a América do Sul.

"Para nós é uma grande honra receber esse prêmio de peso, chancelado pelo U.S. Green Building Council, o principal órgão credenciador de comunidades e edifícios sustentáveis do mundo, através das certificações LEED e SITES. Trata-se de um marco histórico que reforça os nossos princípios e valores, focados na proteção do meio-ambiente, na inclusão das comunidades do entorno e no desenvolvimento econômico sustentável", afirma Emilio Izquierdo, CEO do empreendimento.


O executivo frisou ainda que, junto com outros marcos expressivos, a equipe de MARAEY vai entregar um projeto revolucionário. "Somado a outras conquistas importantes - a exemplo da certificação BIOSPHERE, que tornou MARAEY o primeiro projeto de iniciativa privada do mundo a conquistar o selo, e a assinatura do Pacto Global das Nações Unidas, através da AGENDA MARAEY EESG 2030, com foco no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) - vamos concretizar um projeto único e inovador que deve ser motivo de orgulho para o Município de Maricá, para o Estado do Rio de Janeiro e, também, para o Brasil", completa.

O Leadership Award do USGBC reconhece projetos e empresas de destaque no caminho da sustentabilidade, as chamadas construções verdes. Os vencedores desta premiação, que foram reconhecidos durante o evento inaugural do USGBC Live, estão elevando padrões no que diz respeito à criação de empreendimentos e comunidades mais sadias, sustentáveis e resilientes.

Em MARAEY, por exemplo, o uso de energia renovável foi um dos principais critérios utilizados para qualificar o projeto na conquista da pré-certificação SITES. Mais da metade da energia elétrica a ser consumida nas áreas externas do empreendimento será gerada através de fontes renováveis, entre as quais energia solar, biogás e mini eólicas.


"Esta premiação reconhece a conquista de MARAEY como o primeiro projeto a alcançar a pré-certificação SITES Gold na região. O desenho do empreendimento é um testemunho do compromisso da equipe com a criação de uma experiência sustentável, resiliente e atraente para a comunidade", afirma o CEO e presidente do U.S Green Building Council, Mahesh Ramanujam. "Acreditamos que pessoas saudáveis em lugares saudáveis resultam numa economia sadia. Por meio da liderança de projetos como MARAEY, sabemos que esta visão pode se tornar uma realidade global. Será uma honra e um privilégio seguirmos com nossa parceria para avançar na nossa missão coletiva de um futuro sustentável para todos", complementa.


Com uma taxa de ocupação predial de apenas 6,6%, MARAEY prevê a preservação de 81% da área total do empreendimento e a criação da segunda maior Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) de restinga do Estado do Rio de Janeiro e a 5ª maior do Brasil. Com quase 440 hectares, a área da RPPN corresponderá a mais da metade da área de MARAEY e será protegida integralmente e de modo perpétuo.


Outro recurso para preservação da fauna e flora é o programa ambiental de recuperação de áreas degradadas, além do resgate e acolhimento de espécies ameaçadas em um viveiro. Após a implantação do projeto, a estimativa é que haja uma recomposição da vegetação nativa de mais de 120 hectares da Restinga de Maricá em relação à situação pré-MARAEY.


A filosofia de MARAEY é de uma Smart City, com edifícios inteligentes e iniciativas de uso equilibrado dos recursos naturais que irão minimizar o impacto sobre o meio ambiente. Também faz parte dos valores do projeto promover o uso de veículos sustentáveis e o objetivo é que, no mínimo, 55% da frota que circulará no complexo seja de veículos elétricos ou híbridos; para isso, contará com uma infraestrutura para a recarga dos veículos movidos por eletricidade em todo seu território. MARAEY terá ainda a maior ciclovia de empreendimentos privados do Brasil, com 20km de extensão. No caso de Maricá, esse alcance implica uma expansão da malha cicloviária, chegando a 57,5 km.


Sobre USGBC Leadership Award

O USGBC Leadership Awards, apresentado no USGBC Live, reconhece importantes projetos de construção verde, empresas e indivíduos, na região ao longo do último ano. O prêmio reconhece também o trabalho árduo para a criação de espaços saudáveis e sustentáveis.


O USGBC Live é um novo evento que reúne a experiência da maior comunidade de líderes em construções verdes com dados, insights, histórias e liderança de milhares de projetos LEED (*) e sustentáveis em todo o mundo. O objetivo é produzir conversas relevantes sobre o futuro das construções, cidades e comunidades. Realizado virtualmente, o evento de três dias apresenta canais de conteúdo regionalizados sobre diferentes regiões nos EUA e no exterior, oferecendo debates sobre maneiras inovadoras de impulsionar a indústria.

(*) LEED é uma certificação para construções sustentáveis, concebida e concedida pela organização não governamental United States Green Building Council, com intuito de promover e estimular práticas de construções sustentáveis, satisfazendo critérios para uma construção verde.


Sobre Sustainable SITES Initiative® (SITES)

A certificação Sustainable SITES Initiative®, ou SITES®, de propriedade e administrada pelo Green Business Certification Inc. (GBCI), é o programa mais completo para o design, desenvolvimento e manutenção de ambientes sustentáveis.


O sistema de créditos do SITES promove as melhores práticas de restauro ecológico, arquitetura em terrenos e áreas afins. O programa apoia e recupera as funções de ecossistemas saudáveis, seja em áreas urbanas ou rurais. Desde plantas e solos até água e materiais, o SITES aprimora as comunidades através do design responsável, reforça a performance de edifícios e negócios por meio da entrega de soluções econômicas e ambientais e cria uma forte conexão entre as pessoas e a natureza. O SITES interliga design com ecologia e pessoas com os lugares.


O SITES foi originalmente desenvolvido por meio de um esforço colaborativo e interdisciplinar da Sociedade Americana de Arquitetos Paisagistas, do The Lady Bird Johnson Wildflower Center da Universidade do Texas e do Jardim Botânico dos Estados Unidos.