top of page

Machismo ou manobra política na Câmara de São Gonçalo?

Rio de Janeiro, 18/12/2022

Por Redação GBNEWS

Priscilla Canedo é mais uma vítima de machismo ou manobra política


A única mulher vereadora de São Gonçalo e do partido que faz oposição ao prefeito Capitão Nelson (PL), perdeu a presidência da Comissão Permanente de Defesa dos Direitos da Mulher. A Casa encerrou o ano legislativo votando a nova composição das comissões permanentes.


A Comissão de Direitos da Mulher foi entregue a um homem. A partir de 2023, o comando fica com o vereador Bruno Porto (Cidadania) que ocupa o lugar de Priscilla Canedo (PT).


Fruto do projeto de resolução nº 028/2021 da vereadora Priscilla Canedo (PT), e por meio da Comissão Permanente de Defesa dos Direitos da Mulher, a Sala de Orientação à Mulher Gonçalense (SOMG) acaba de completar um ano. O espaço, localizado no interior do Palácio 22 de Setembro, foi criado para contribuir na causa do Legislativo contra a violência de gênero e/ou doméstica e oferece atendimentos gratuitos com profissionais de alta qualidade na área da psicologia, direito, assistência social, entre outros.


Nas redes sociais, Priscilla Canedo vem buscando apoio para reverter essa situação e também lançou um abaixo-assinado para pressionar os colegas vereadores.



Commenti


bottom of page