top of page

Lula decreta três dias de luto oficial em homenagem a Zagallo

Rio de Janeiro, 06/01/2024

Por Redação GBNEWS

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decretou no início da tarde deste sábado (06), luto oficial de três dias no país em memória ao ex-jogador e ex-treinador da Seleção Mario Jorge Lobo Zagallo. Em seu perfil na rede social X, Lula escreveu:

 

 

Mais cedo, no mesmo perfil, o presidente havia rendido homenagem a Zagallo, única pessoa quatro vezes campeã da Copa do Mundo de futebol, duas vezes como jogador (1958 e 1962), uma como técnico (1970) e uma como coordenador técnico (1994). "Mário Jorge Lobo Zagallo foi um dos maiores jogadores e técnicos de futebol de todos os tempos, um grande vencedor e símbolo de amor pela Seleção Brasileira e pelo Brasil. Maior vencedor individual da história da Copa do Mundo, sendo campeão duas vezes como jogador, campeão e vice como treinador e campeão como coordenador da Seleção em 1994", escreveu o presidente.

 

"O único a participar de quatro conquistas mundiais, dirigiu o maior time de futebol da história, a Seleção Brasileira de 1970. Corajoso, dedicado, apaixonado e supersticioso, Zagallo era exemplo de brasileiro que não desistia nunca. É essa lição e espírito de carinho, amor, dedicação e superação que ele deixa para todo o nosso país e para o futebol mundial. Nesse momento de despedida, minha solidariedade aos familiares de Zagallo, seus filhos e netos, aos amigos e aos milhões de admiradores", completou o presidente.

 

O corpo de Zagallo será velado a partir das 9h30 minutos deste domingo (07), aberto ao público, no salão nobre da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Depois, às 16h, será sepultado no Cemitério São João Batista, em Botafogo, Zona Oeste.

 

Zagallo morreu aos 92 anos no final da noite desta sexta-feira (05) num hospital em Copacabana vítima de falência múltipla dos órgãos. Ele ficou internado por 11 dias.

 

 

 

 

 

 

Comentários


bottom of page