top of page

Horta fala da importância da imprensa local durante inauguração do novo Camelódromo de Maricá

Rio de Janeiro, 20/02/2024

Por Gilson Barcellos

Fotos: Agência GBNEWS

Prefeito Fabiano Horta e secretário Igor Sardinha na coletiva de imprensa


São raros os administradores públicos que reconhecem o trabalho da imprensa local, das cidades do interior. Para alguns, o que interessa é a grande mídia, a da capital. É uma demonstração da falta de conhecimento das áreas de gestão e comunicação.  Depois que surgiu a internet, o conteúdo postado deixou de ser local para ser até mundial. Basta clicar www.com e pronto!

 

Em Maricá, o prefeito Fabiano Horta (PT) fez questão de destacar o trabalho diário da mídia da cidade. Sempre atendeu aos jornalistas com boa vontade nesses seus 7 anos e 2 meses de gestão que termina em 31 de dezembro:

 

“A imprensa tem um diálogo muito grande no cotidiano da cidade, ela fala muito para cidade no seu dia a dia. Cobra as notícias da cidade, sejam com elementos mostrando o que tá sendo feito, sempre com elementos de problemas que existem, isso é parte de todo uma gestão e a parte de uma cidade que quer se construir. Maricá tá mudando todo o seu perfil social, econômico e a gente precisa ter uma imprensa cada vez mais presente, forte para que a gente possa fazer com que a cidade avance e construa sempre o universo bom para sua população”, destacou o prefeito.

 

Em seguida, o presidente da Associação de Imprensa de Maricá, Paulo Celestino, lembrou que Fabiano Horta fez questão de deixar seu camarote oficial para assistir o desfile das escolas de samba da cidade, na terça-feira de carnaval, no camarote destinado aos jornalistas que faziam a cobertura do evento.

A demonstração de como encara o trabalho da imprensa de Maricá foi feita por Fabiano Horta na tarde desta segunda-feira (19), quando inaugurou com o secretário de Desenvolvimento Econômico Igor Sardinha, o Centro de Comércio Popular (Cecop), já conhecido como novo camelódromo, que faz parte do processo de revitalização do Centro de Maricá.

 

 

 

 

 

Comments


bottom of page