top of page

Habitação de Maricá realiza regularização fundiária em comunidade de Araçatiba

Rio de Janeiro, 15/7/2022

Por Redação GBNEWS

A Secretaria de Habitação e Assentamentos Humanos iniciou, nesta quinta-feira (14), a mobilização comunitária para o Programa de Regularização Fundiária de Interesse Social (Reurb-S), na comunidade do Clam, em Araçatiba, Maricá. Nesta primeira etapa, a previsão é que sejam regularizadas aproximadamente cem unidades. O programa faz parte das políticas públicas habitacionais que visam assegurar o direito pleno à habitação e a inclusão cidadã. A mobilização foi direcionada apenas aos moradores das quadras 37 e 38 do Clam, para que eles compareçam à assembleia que acontecerá neste sábado (16), às 9h, na Igreja Evangélica Congregacional Nova Jerusalém. As áreas a serem regularizadas receberão a equipe da prefeitura seguindo um calendário que será divulgado.

Processo de regularização fundiária O programa que trata da regularização fundiária de interesse social em Maricá possui algumas etapas, dentre elas estão a discussão do programa com a comunidade, o cadastramento das famílias e dos lotes, projeto urbanístico e o protocolo da Certidão de Regularização Fundiária no cartório tendo como critério principal a renda e tempo de moradia. O processo de regularização gratuita é opcional e os participantes devem possuir renda familiar de até três salários mínimos, tempo de moradia de no mínimo cinco anos, além de não possuir outro imóvel em seu nome. A iniciativa é respaldada pela Lei Federal 13.465/17 e é essencial para transformar a realidade de áreas que hoje se encontram em situação de informalidade no município.




Comments


bottom of page