Gambás são resgatados no centro de São Pedro e devolvidos à natureza

Rio de Janeiro, 10/01/2021

Por Larissa Siqueira

Foto divulgação/Guarda Ambiental


A Guarda Ambiental de São Pedro da Aldeia resgatou dois gambás em uma loja na região central do município, próxima à Praça do Canhão. Os agentes foram acionados pelos lojistas e encontraram uma fêmea, que carregava um filhote. Segundo os funcionários do estabelecimento, os animais têm se escondido no sótão do imóvel.

Gambás não oferecem risco aos seres humanos. As fêmeas carregam os filhotes na bolsa marsupial e, neste período, podem ficar mais lentas. É comum que se aproximem da área urbana em busca de alimento e abrigo. Eles podem até parecer agressivos, mas o principal meio de defesa desses animais é fingir-se de morto. Além de crueldade, matar gambá é crime ambiental passível de multa.


A fêmea resgatada e o filhote foram devolvidos à natureza na Área de Preservação Permanente (APP) Jardim das Acácias. Ao se deparar com animais silvestres, a população deve acionar a Guarda Ambiental por meio do número 153.