top of page

Exposição reúne 90 anos de história do carnaval em São Pedro da Aldeia

Rio de Janeiro, 09/3/2022

Por Raíra Morena Fotos: Bruninho Volotão e Raíra Morena

Os foliões e admiradores da maior festa popular do país têm até a próxima semana para conferir a exposição “Memórias do Carnaval”, na Casa da Cultura Gabriel Joaquim dos Santos, em São Pedro da Aldeia. Promovida pela Secretaria de Cultura, a mostra reúne fantasias, fotografias, escritos, adereços e arquivos em vídeo que ajudam a contar a história da folia aldeense desde 1932, além de peças luxuosas que já brilharam em escolas de samba de Cabo Frio e nos desfiles das campeãs do Rio, como Portela, Imperatriz, Beija-Flor e Vila Isabel. A entrada é gratuita, com visitação aberta de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Até 17 de março, os visitantes poderão relembrar momentos marcantes do carnaval em São Pedro da Aldeia e conhecer as origens dos tradicionais blocos de rua, que anualmente arrastavam multidões pelas avenidas e praias da cidade. Um dos destaques da decoração são os bonecos gigantes, inspirados nos famosos personagens de Olinda, que retratam figuras de renome na história da folia aldeense, como Borrachinha, Nilda, Jancerino, Coraci e Sandra de Badu. Completando 20 anos de fundação este ano, o Bloco dos Bonecões foi um dos grandes responsáveis por consagrar a festa aldeense como o “carnaval da família”.

“Os Bonecões são um dos grandes símbolos do carnaval de São Pedro da Aldeia e não poderíamos deixar de enaltecer a sua história. Outros blocos tradicionalíssimos, como ‘Os Camisolas’, ‘Sou Tainha’ e ‘do Ipê’, também estão retratados com muito carinho. A nossa intenção foi fazer um resgate do carnaval na nossa região, difundindo e mantendo viva as tradições, o legado e as manifestações culturais carnavalescas, principalmente neste ano em que o retorno seguro da folia ainda não foi possível”, destacou o secretário de Cultura, Thiago Marques.

Ao todo, 16 blocos carnavalescos estão retratados em antigas fotografias, peças de vestuário e até nos instrumentos musicais percussivos, que por décadas conduziram o andamento das célebres marchinhas. Durante a exposição, os visitantes também podem conferir imagens dos desfiles dos Bonecões pelo Centro e de alguns dos mais populares blocos da cidade.


Moradora há 20 anos do município, a pedagoga Aline Vargas falou sobre a emoção em visitar a mostra. “Todo verão, desde pequenininha, eu vinha para São Pedro da Aldeia com minha família para curtir o carnaval. Foi aqui que eu saí, pela primeira vez, na bateria de um bloco, o ‘Sou Tainha, Já fui Piranha’, seguindo a tradição que veio do meu avô. Ver essas fantasias, os instrumentos e ouvir as músicas me emociona muito, porque também faz parte da minha história”, disse.

De Belém (PA), o casal de turistas Eliane Cezar e Wesley Falleiro é fã do carnaval e aproveitou o período de férias para fazer uma visita à exposição, acompanhado do afilhado Bernardo, de 13 anos. “A gente sempre ouve falar das belezas de São Pedro da Aldeia, mas achamos importante conhecer também a cultura daqui e o carnaval faz parte dessa cultura popular. Ficamos encantados com a história dos Bonecões e por saber que São Pedro da Aldeia cria e valoriza as suas próprias tradições. Gostamos muito do passeio e de conhecer a Casa da Cultura”, ressaltou Eliane.

Parcerias


Para a montagem da exposição, a Secretaria de Cultura contou com a colaboração de diversos parceiros na cessão de artigos e peças, dentre eles a Liga dos Blocos Carnavalescos de São Pedro da Aldeia; a Associação dos Blocos Carnavalescos (Abaccaf) e a Liga Independente das Escolas de Samba de Cabo Frio; os blocos Acadêmicos da Diversidade, Acadêmicos do Jardim Esperança e Flor da Passagem, também de Cabo Frio; e a M. M. Eventos, empresa organizadora do concurso Miss & Mister São Pedro da Aldeia.

“A gente tem uma parceria com a Portela e a Vila Isabel e todo ano as nossas misses são convidadas para desfilar na Marques do Sapucaí. Para nós, é uma alegria poder colaborar e abrilhantar essa exposição com algumas fantasias das nossas meninas, que representam lindamente São Pedro da Aldeia. A Secretaria está de parabéns por essa iniciativa, por fomentar a cultura e por mais uma vez abraçar e dar visibilidade ao nosso trabalho e às nossas misses e misteres”, afirmou a agente cultural e coordenadora do Miss & Mister São Pedro da Aldeia, Tatiana Musse.

A Casa da Cultura Gabriel Joaquim dos Santos fica localizada na Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, no Centro da cidade.


Comments


bottom of page