top of page

Empresários de Petrópolis cobram urgência na conclusão da nova pista da BR-040

Rio de Janeiro, 09/6/2023

Por Redação GBNEWS

O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Petrópolis (CDL), Cláudio Mohammad, distribuiu uma nota sobre a urgência de obras na BR-040, que foi palco de acidente nesta quinta-feira (08), dia de Corpus Christi, com o tombamento de uma carreta que transportava combustível na subida da serra em direção a Cidade Imperial. Neste acidente, que bloqueou por horas a estrada, o motorista da carreta que pegou fogo, morreu, cinco carros foram incendiados e uma pessoa sofreu queimaduras leves.


Diz a nota da CDL Petrópolis:


“O movimento empresarial de Petrópolis vem cobrando dos agentes públicos responsáveis que a nova pista de subida da serra seja concluída o mais rápido possível. A atual pista não comporta mais o tráfego existente e não tem os parâmetros necessários de segurança considerando que as carretas e caminhões são muito maiores hoje do que há 95 anos quando a estrada foi inaugurada. Na época em que foi inaugurada, a frota do estado do Rio era de 20 mil veículos. Hoje, são 65 mil carros, ônibus e caminhões circulando diariamente pela rodovia dos quais 20 mil subindo todos os dias a serra.


O Movimento Petrópolis 2030, formado por 24 entidades empresariais que mantem 100 mil pessoas ocupadas, cobra a execução de 20 projetos estruturais para o desenvolvimento econômico da cidade. A nova pista de subida da serra encabeça essas reivindicações.


A BR-40 é a principal via de acesso aos mais dois milhões de turistas que chegam à cidade anualmente, é essencial para escoamento e emissão de matéria prima para as 277 indústrias da cidade, assim como influencia diretamente aos mais de cinco mil pontos comerciais e de serviços existentes no município e aos mais de 10 mil petropolitanos que se deslocam para o estudo ou trabalho todos os dias no Rio e Região Metropolitana.


O trecho de 180 quilômetros administrado pela Concer é o principal corredor de tráfego entre os estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, com uma média diária de fluxo de 65 mil veículos, sendo uma das principais ligações do Sudeste brasileiro”.


Commentaires


bottom of page