top of page

Eleições 2022: Derrotados nas urnas do Rio vão coordenar a campanha de Lula

Rio de Janeiro, 06/10/2022

Por Redação GBNEWS

Lula tem equipe que vai coordenar sua campanha no Rio


Ficou decidido num almoço entre o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD) e o deputado federal, derrotado nas urnas para governador, Marcelo Freixo (PSB), que agora são aliados para liderar a coordenação de campanha do petista Lula no Estado do Rio de Janeiro.


Foi fechado acordo para coordenar a campanha, em conjunto, de Lula (PT) à presidência da República, neste segundo turno: Eduardo Paes, que indicou Felipe Santa Cruz (PSD) para vice na chapa encabeçada por Rodrigo Neves (PDT), derrotada ao governo do estado. O ex-prefeito de Niterói também está na campanha petista; deputado Marcelo Freixo (PSB), que tentou ser governador com César Maia (PSDB) como vice; e, o presidente da ALERJ, deputado André Ceciliano, que ficou em quinto lugar na corrida ao Senado.


O deputado federal Alessandro Molon (PSB), que também tentou sem sucesso ser senador, foi convidado para participar da coordenação da campanha de Lula no Rio de Janeiro.


Nas redes sociais, em ação conjunta, Eduardo Paes e Marcelo Freixo dizem que a estratégia inicial é dividir para multiplicar: o grupo está agora na fase de distribuir as agendas de campanha entre os três políticos, que devem atuar de forma concentrada nas áreas onde têm maior influência.


Eduardo Paes vai trabalhar nas Zonas Norte e Oeste do Rio, Marcelo Freixo fica, principalmente, com a Zona Sul, Rodrigo Neves vai focar no eleitorado de Niterói, São Gonçalo, Maricá e Leste Fluminense, e Ceciliano vai atacar o que talvez seja o território mais difícil, a Baixada Fluminense.



Yorumlar


bottom of page