top of page

Comitiva do Congo visita fazenda pública e Praça Agroecológica de Araçatiba em Maricá

Rio de Janeiro, 14/3/2024

Por Redação GBNEWS

Fotos: Anselmo Mourão

A visita da comitiva da República do Congo que passa por Maricá nesta semana teve mais uma etapa nesta quarta-feira (13).  O roteiro dos representantes do país africano incluiu a Fazenda Pública Joaquin Piñero, pela manhã, e a Praça Agroecológica de Araçatiba, à tarde. No primeiro local, o grupo conheceu o Projeto Inova Agroecologia Maricá, uma parceria da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) com a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), enquanto na segunda visita os congoleses conheceram o sistema de compostagem com os baldinhos do bem, que eles ganharam na passagem pela Fábrica de Desidratados, no dia anterior.


Aimé Blaise Nitoumbi, diretor geral de Parcerias e Desenvolvimento do Ministério da Integração Regional do Congo, afirmou que o grupo está bastante satisfeito com o que viu nesses três dias e elogiou o sistema da praça agroecológica.

“Aqui, pude ver que qualquer cidadão que queira ter um jardim na sua casa, pode vir até aqui, tirar dúvidas, fazer perguntas e porque não levar também mudas para preparar um jardim. Sei que as pessoas aprendem através do exemplo, então, aqui eu vejo que a Prefeitura dá o exemplo para que a população siga fazendo o mesmo. Estamos muito contentes em conhecer os projetos da Prefeitura de Maricá e as várias iniciativas de desenvolvimento comunitário. Nós observamos a relação entre a alimentação escolar e a iniciação da agricultura familiar”, analisou o congolês.


Para Maria Giulia Senezi, que é membro do Programa Mundial de Alimentos da ONU, a pluralidade das iniciativas da cidade vai enriquecer a experiência da comitiva.


“Os comentários da delegação têm sido muito positivos, acredito que eles vão voltarão com muitas inovações. A gente viu aqui uma multiplicidade de políticas públicas para a área de segurança alimentar e nutricional, como por exemplo aqui na Praça Agroecológica. Em tudo isso, podemos ver uma combinação de várias frentes de ação. A mesma coisa se aplica para a fazenda, a gente viu que a fazenda pública também possibilita uma série de aprendizados”, pontuou ela.

A secretária de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Mariana Principe, ressaltou que o fato de Maricá ter sido escolhida para receber essa equipe mostra o potencial da cidade para o mundo.


"Essa visita é de extrema importância porque Maricá está sendo vista. Vai ser uma troca de experiência muito boa. Então é muito importante que a gente esteja mostrando para outros países os projetos exitosos de Maricá", observou.


As últimas agendas da comitiva na cidade acontecem nesta quinta-feira (14), quando o grupo vai conhecer a Escola indígena Guarani Para Poty Nhe’ Ë (às 9 horas) e o restaurante municipal Mauro Alemão, em Inoã (às 12 horas). Em seguida, a equipe viajará para Paraty, na Região da Costa Verde do Rio de Janeiro. A visita à cidade é uma iniciativa do Fundo IBSA (uma cooperação entre Brasil, Índia e África do Sul) e do Programa Mundial de Alimentos da Organização das Nações Unidas (ONU), em parceria com a Agência Brasileira de Cooperação, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e o Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar.

Commentaires


bottom of page