Ação integrada contra motos sem placas chega a Niterói

Rio de Janeiro, 02/8/2022

Por Redação GBNEWS

Fotos: Carolina Vergara/Detran.RJ

No primeiro dia de expansão das operações integradas de fiscalização de trânsito para Niterói, a força-tarefa formada por Detran.RJ, Polícia Militar, Polícia Civil e Detro fez duas ações na Alameda São Boaventura, no bairro do Fonseca, nesta segunda-feira (1/8). Ao todo, foram realizadas 174 abordagens e aplicadas 146 multas de trânsito. Quarenta veículos foram removidos para depósitos pelas mais diversas irregularidades, sendo 28 motocicletas e 12 automóveis. Ao todo, 16 motocicletas foram retiradas de circulação por falta de placas, e quatro por irregularidades no escapamento. Vinte e nove condutores ganharam prazo para ir ao posto do Detran comprovar a correção de irregularidades nos veículos. Com a expansão das operações para a Região Metropolitana do Estado, a partir desta segunda-feira passaram a ser realizadas seis ações diárias de fiscalização no estado. Até semana passada, eram quatro por dia, em diversas regiões do município do Rio. Nesta terça-feira (2/8), as fiscalizações vão continuar no Rio, em Niterói, e podem chegar a outros lugares do estado.

Iniciadas no dia 18 de julho, as fiscalizações integradas já abordaram mais de 4 mil condutores, o que resultou na aplicação de mais de 3.200 multas e na remoção de 723 motos irregulares, das quais 226 com problemas de placas. Além disso, quase 1 mil donos de veículos receberam prazo para ir aos postos do Detran para comprovar a correção de irregularidades. O coordenador de Fiscalização do Detran, Marcus Moreira, ressaltou a importância das fiscalizações para coibir as ações criminosas cometidas por motociclistas e também para reduzir as infrações de trânsito. “As operações chegaram nesta segunda-feira a Niterói e vão continuar por tempo indeterminado também no Rio e em outras regiões do estado. Agora são seis operações diárias, em parceria com o Detro e as polícias Civil e Militar”, afirmou Moreira.