Onda laranja de Marcelo Delaroli de Maricá leva esperança ao povo de Itaboraí


Após passar momentos de esperança seguida de decepção com a instalação fracassada do Complexo Petroquímico do Estado (COMPERJ), Itaboraí que seria o novo eldorado brasileiro, vive agora a expectativa de novos tempos. Marcelo Delaroli de Maricá (PL) foi eleito prefeito neste domingo, 15 de Novembro.

Onda Laranja de Marcelo Delaroli surge para transformar Itaboraí

Marcelo Delaroli desembarcou em Itaboraí com a proposta de acabar com o coronelismo político na cidade e implantar programas sociais adotados em Maricá, onde morava. Criou a Onda Laranja, referência da cidade que foi a maior produtora de laranja seleta do Estado do Rio e segunda do país.

Buscando os votos em reuniões e nas ruas, Marcelo Delaroli de Maricá se elegeu prefeito de Itaboraí com 39,30% (42.025votos), derrotando o ex-prefeito por três mandatos Sérgio Soares (PROS) que obteve 30,9% (32.172 votos). O atual prefeito Dr. Sadinoel (PP) ficou em terceiro lugar com 21,91% dos votos.

A eleição em Itaboraí teve 25,34% de abstenção, 5,77% votos brancos e 10,62% votos nulos.

Momento de oração com a família e com o vice Casula

Marcelo Delaroli de Maricá tem 40 anos, é casado, tem superior completo e declara ao TSE a ocupação de odontólogo. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 1.014.601,99. O vice é Casula, do PT, que tem 60 anos e também de Maricá

Os dois fazem parte da coligação Para Transformar Itaboraí, formada pelos partidos PSC, PV, SOLIDARIEDADE, PL, PT, DC, MDB, PRTB e AVANTE.

Delaroli e Casula derrotam os coronéis da política itaboraiense

PROPOSTAS

No plano de Governo de Marcelo Delaroli de Maricá constam programas sociais de sucesso na cidade vizinha e que serviu de referência para vários candidatos a prefeito no Rio de Janeiro e em outros Estados, como:

- Moeda Social

- Passaporte Universitário com 100% de bolsa

- Ônibus Tarifa Zero acabando com o monopólio da Rio Ita

- Enquanto perdurar a pandemia do coronavírus, programas sociais para atender famílias carentes etc.

- programas de reurbanização de toda a cidade, melhorar a qualidade de atendimento na área da saúde, além da educação, segurança e geração de emprego e renda.

Marcelo Delaroli e Lourival Casula tomam posse no dia 1º de Janeiro de 2021 com mandato de quatro anos.