Obras de macrodrenagem no Centro de Maricá deve terminar em novembro

A intervenção de macrodrenagem realizada pela Prefeitura de Maricá na região do Centro da cidade se aproxima de sua conclusão. Das 411 peças da galeria pluvial de grande porte que começou a ser instalada em julho a partir da margem do rio Mumbuca, ao lado da ponte, restam 80 estruturas de 3 metros de largura e 2,5 de altura. A rede, que está próxima da Praça Conselheiro Macedo Soares, será ligada com a outra já existente neste trecho e que traz águas pluviais do Flamengo.

Desta forma, a obra vai beneficiar este bairro juntamente com o Centro (impedindo alagamentos) e também o Parque Eldorado, cujo canal recebe o acúmulo de água da região. O prazo previsto para o término da obra é até o final de novembro. Em seguida, a Rua Abreu Sodré será recapeada e sinalizada, bem como o entorno da rotatória ao lado da ponte. O trecho da Rua Prefeito Joaquim Mendes, onde foram instaladas as primeiras peças, já recebeu nova pavimentação mas ainda resta a recuperação da área urbanizada às margens do rio.

 

Já a obra que acontece no acostamento da RJ-106, na altura do km 20 (sentido Maricá), deve se prolongar por mais algumas semanas. De acordo com a Autarquia de Serviços de Obras de Maricá (Somar), depois dos serviços de substituição das manilhas que apresentaram entupimento de material naquela área, foram constatadas rachaduras em outras manilhas, sendo necessária a substituição de 55 metros dessas peças, de 800 milímetros cada, para escoamento das águas vindas do loteamento 26 de maio, que fica no lado oposto da via. Segundo a autarquia, a ação é realizada a uma profundidade de 4 metros, praticamente sob o leito da rodovia, de maneira minuciosa, em razão de sua alta complexidade.

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino