Porto de Itaguaí tem as melhores condições de calado da costa leste da América do Sul

Novos parâmetros operacionais permitem que o terminal receba navios de 340 metros, em manobra regular, e navios de 367 metros, em manobra especial 

A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) homologou, junto à Autoridade Marítima, o Instrumento Normativo de Parâmetros Operacionais em vigência desde o último dia 11 de setembro. A referida norma estabelece como manobra regular do Terminal Sepetiba Tecon, no Porto de Itaguaí, os navios porta-contêineres com 340m de LOA, 50m de boca e calado de 14,70m, podendo chegar a 15,40m com a utilização de maré. Além disso, como manobra especial, o terminal está apto a receber também os meganavios com 367 metros de LOA. 

Segundo o superintendente de Gestão Portuária de Itaguaí e Angra dos Reis da CDRJ, Alexandre Neves, “com isso, o Terminal Sepetiba Tecon, no Porto de Itaguaí, passa a ter as melhores condições de calado da costa leste da América do Sul e a previsão é de que novas linhas utilizem o terminal e, consequentemente, haja um crescimento na movimentação de contêineres”.

 

Ainda de acordo com informações do superintendente, os parâmetros operacionais foram alterados em decorrência dos investimentos realizados pelo Terminal da Sepetiba Tecon – CSN em obras de dragagem na bacia de evolução, área de manobra e berços de atracação no terminal.  

 



 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino