Covid-19: Prefeitura de Maricá garante que não há superlotação no Che Guevara

Funcionários que por motivos óbvios não quiseram se identificar, procuraram o GBNEWS para dizer que o Hospital Municipal Che Guevara está com todos os leitos ocupados com vítimas da Covid-19.

Em resposta a nossa redação, a Prefeitura de Maricá diz que o Che Guevara funciona com 50 leitos para Covid-19, dos quais 20 em duas UTIs.

 

“A ocupação é dinâmica e há uma flutuação diária, que pode ter relação com tanto com aumento momentâneo de demanda quanto por necessidades de rotinas de segurança sanitária, como processos de higienização. Em função disso, a taxa média só é divulgada uma vez por semana, o que é considerado suficiente para indicar o comportamento da pandemia na cidade”, explica a Prefeitura.

Quanto a esquemas especiais para o feriado de 12 de Outubro, por ser uma unidade de emergência o Hospital Municipal Conde Modesto Leal funciona com equipes completas e está plenamente capacitado para atender um eventual aumento de demanda. Já o Hospital Che Guevara, por não ser uma unidade de portas abertas e se destinar apenas a pacientes com Covid-19 neste momento, funcionará sem qualquer alteração por conta do feriado prolongado, esclareceu a Secretaria de Comunicação Social de Maricá.

O município registra, até esta quinta-feira (08), 4.091 casos confirmados e 127 óbitos por Covid. Estão curadas da doença 3.896 pessoas e há no momento 68 casos ativos, além de 18 óbitos em análise pela Secretaria de Estado de Saúde (SES); O 127º óbito registrado em Maricá foi de uma mulher, de 80 anos, que residia no Barroco, Itaipuaçu.

 

 Já a Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro informa que registra, também até esta quinta-feira (08) 280.144 casos confirmados e 19.110 óbitos por Covid-19 nos 92 municípios fluminenses. Estão recuperados da doença 155.544 pessoas.

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino