Eleição 2020: Ricardo Pericar (PSL) surpreende governistas em São Gonçalo e abre mão de R$ 4 milhões


Nos corredores da Câmara Municipal de São Gonçalo, aliados do prefeito José Luís Nanci (Cidadania) tinham como certo o anúncio de que o oposicionista Ricardo Pericar (PSL) iria abrir mão da sua candidatura à prefeito. A desconfiança era porque o oposicionista postou um banner no domingo sobre o pronunciamento que faria nas redes sociais nesta segunda-feira (05).

Ricardo Pericar surpreendeu os governistas ao anunciar que não usará os R$ 4 milhões, dinheiro do fundo partidário para sua campanha. A revelação foi feita em vídeo postado em suas redes sociais nesta segunda (05). Com a decisão, realizará apenas caminhadas “minimalistas”, fazendo ações com seu próprio carro de som, usando bastante a internet, organizando lives, postando seus planos de governo. A ideia é não ir fazer visitas em muitos bairros e comunidades. O motivo: conhece as mazelas de São Gonçalo.

“Sempre fui contra o uso do dinheiro público em campanhas. Quando estive em Brasília e foi colocado em pauta a discussão sobre o aumento do fundo partidário, votei contra. A cada eleição, é um monte de político usando da demagogia, prometendo mundos e fundos, dizendo que farão isso e aquilo e o resultado já sabemos. Conheço cada canto e cada dificuldade que passa nossa população. São Gonçalo é uma cidade triste, cinza e merece ser feliz. E vamos restaurar esse sentimento de orgulho que está desaparecido com tantos desgovernos, tanta corrupção e tanto político vendido”, disse Pericar.

O prefeitável ressaltou que ele teria direito a mais de R$ 4 milhões para fazer campanha.

“Todas as campanhas que fiz, ao longo da minha vida política, fiz com recursos próprios em cima de um trio elétrico que adquiri com o tempo e falando ao microfone. Venho denunciando um monte de maracutaias, de propinas que muitos destes candidatos que estão aí, disputando a eleição. Venho lutando há muito tempo pelos interesses de nossa população, como o caso que denunciei a Ampla na questão dos chips. Então, não gastarei os R$ 4 milhões que o partido disponibiliza. Tantas famílias sem recursos por causa da pandemia de Covid-19, tantos hospitais sem insumos, São Gonçalo com tantos problemas. Farei minha campanha com consciência tranquila e sem o dinheiro do povo”, finalizou.

Esses mesmos governistas têm como certa a reeleição do prefeito José Luiz Nanci (Cidadania) numa vitória no segundo turno, em 29 de novembro, contra o Capitão Nelson (Avante).