Dimas Gadelha terá Fabiano Horta e Rodrigo Neves no palanque em São Gonçalo


O pré-candidato do Partido dos Trabalhadores de São Gonçalo, Dimas Gadelha declarou hoje em suas redes sociais a formação de uma frente progressista que terá Marlos Costa, presidente do PDT de São Gonçalo, como candidato a vice na chapa petista. O acordo será sacramentado nas convenções dos partidos que ocorrerão hoje (PDT) e amanhã, dia 15 (PT).

Rodrigo Neves, Marlos Costa, Dimas Gadelha e Fabiano Horta (divulgação)

De acordo com Dimas Gadelha, a formação da chapa progressista

"É com muito orgulho que oficializo a construção de uma grande frente progressista em São Gonçalo. Agradeço aos prefeitos Fabiano Horta (PT), de Maricá, e Rodrigo Neves (PDT), de Niterói, ao ex-prefeito Washington Quaquá (PT), aos presidentes do PT, João Maurício (estadual) e Antônio Maia (São Gonçalo), e ao amigo Marlos Costa", disse.

Dimas Gadelha enalteceu Niterói e Maricá e afirmou que as cidades serão os exemplos de gestão a serem seguidos.

"Nossa coligação tem dois prefeitos progressistas, que são referência em administração pública para o Brasil inteiro. Verdadeiros exemplos de gestores que mudaram a vida de milhares de pessoas para melhor. Aqui não tem discursos evasivos e com a intenção de enganar a população. Aqui tem luta, trabalho e exemplo de transformação verdadeira. Buscamos desenvolvimento sustentável e, principalmente, respeito ao povo, através de políticas públicas que realmente façam a diferença na cidade", declarou.

Marlos Costa também usou as redes sociais para falar da decisão de retirar a candidatura e apoiar Dimas Gadelha, sendo seu vice-prefeito.

"Essa unidade vem ao encontro da urgência de termos em São Gonçalo uma gestão municipal técnica, eficiente e humana. É um projeto que se inspira em dois grandes prefeitos do estado que apoiam essa união: Rodrigo Neves, do PDT de Niterói, e Fabiano Horta, do PT de Maricá. Gestores que garantiram uma evidente melhoria em seus municípios, principalmente daqueles que mais necessitam, em gestões que se destacam no cenário de crises econômica e política da administração estatal do Rio de Janeiro", afirmou Marlos Costa, atual presidente do PDT São Gonçalo e ex-vereador do município por dois mandatos.