Niterói lança edital para obras no Engenho do Mato

A Prefeitura de Niterói publicou, nesta quarta-feira (26), o edital para as obras de drenagem e infraestrutura do Engenho do Mato, na Região Oceânica. De acordo com a publicação, a licitação que escolherá a empresa para realizar as obras de drenagem e pavimentação acontecerá no dia 24 de setembro. O projeto prevê a intervenção em 117 ruas do bairro, e o investimento será de aproximadamente R$177 milhões. O prazo de execução da obra é de 30 meses, a partir da assinatura da ordem de início.

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), enfatizou que este projeto foi estruturado nos últimos meses, com estudos de sondagem, de hidráulica e de topografia. Ele lembrou que, ao longo desses últimos meses, foram vencidas várias etapas e obstáculos para o lançamento do edital. O cronograma foi ajustado por causa da pandemia.

 

“O plano de infraestrutura da Região Oceânica é o mais importante investimento da história desta região e já garantiu a urbanização e qualidade de vida para moradores de áreas como Cafubá, Fazendinha, Bairro Peixoto, Piratininga, Boa Vista, Camboinhas e Jacaré. Em um curto período, superamos décadas de abandono da Região Oceânica. Neste momento, estão sendo feitas intervenções no Santo Antônio, Maravista e Serra Grande. Com este projeto do Engenho do Mato e Vale Feliz, os investimentos de infraestrutura chegam em todos os bairros da Região Oceânica”, enfatizou o prefeito.

Participação dos moradores - O projeto foi discutido entre a Prefeitura e moradores do bairro, e foi definido que a intervenção levará em consideração as particularidades do Engenho do Mato, assim como a vocação rural e história da região. Com isso, 80% das ruas receberão piso intertravado. O método permitirá, ainda, melhor permeabilidade do pavimento e evitará o alagamento em dias de chuvas fortes.

 

Com a execução das obras no Engenho do Mato, a Região Oceânica continua recebendo o maior pacote de investimentos dos últimos anos. O andamento das obras em Santo Antônio, Serra Grande e Maravista já executou a rede drenagem de novas vias. Assim como a macrodrenagem do canal Camboatá, que também contribuirá com o fim dos alagamentos na região.

 

Rodrigo Neves destacou, também, que a entrega do túnel Charitas-Cafubá, a modernização e ampliação da Unidade de Urgência Mário Monteiro, a implantação do Hospital Municipal Oceânico no combate à Covid-19, a infraestrutura de bairros inteiros, que durante décadas sofreram com enchentes, hoje é uma realidade.

 

“Apesar da crise mais geral e da própria pandemia do coronavírus, Niterói segue em frente, levando cada vez mais qualidade de vida a todos os seus cidadãos, por uma cidade cada vez melhor”, disse.

 

O edital completo das obras de drenagem e infraestrutura do Engenho do Mato poderá ser retirado no site da Emusa (www.emusa.niteroi.rj.gov.br).

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino