Show no céu: Lua pertinho de Júpiter e de Saturno hoje e amanhã


Que tal aproveitar a secura do ar, o céu com poucas nuvens que predomina sobre o Brasil para ver Saturno e Júpiter pertinho da Lua? É fácil de ver a olho nu e a observação destes planetas será possível mesmo em locais com poluição luminosa, com muita luz artificial, como nas cidades grandes. Mas se tiver um binóculo para observação astronômica, será melhor ainda!

O professor Marcos Calil explica como observar a Lua, Saturno e Júpiter nesta sexta-feira (28) e amanhã, sábado (29). Divirtam-se!

Lua próxima de Júpiter e de Saturno

No anoitecer de hoje e amanhã, o céu do Brasil terá um espetáculo astronômico. A Lua estará próxima dos planetas Júpiter e Saturno. Esses dois eventos astronômicos poderão ser facilmente contemplados a olho nu, mesmo nas cidades sem poluição luminosa.

Quem poderá observar?

Qualquer pessoa que estiver no Brasil, independente se estiver nos grandes centros urbanos com alto índice de poluição luminosa ou se estiver numa local totalmente afastado da cidade, ou seja, sem nenhuma luz por perto, poderá observar esse belo fenômeno. A contemplação da aproximação da Lua com os planetas Júpiter e Saturno não requer nenhum equipamento óptico. Basta olhar para cima e pronto!

Quando e como observar?

Este evento astronômico é fácil de ser observado. Basta localizar a Lua na noite desta sexta-feira e procurar um ponto brilhante próximo do nosso satélite natural. Esse ponto brilhante será o planeta Júpiter.

Já, na noite de amanhã, sábado, 29 de agosto, o ponto brilhante que estará próximo da Lua será o planeta Saturno. Em ambas as noites, assim como todo o mês de setembro, os dois planetas poderão ser contemplados a olho nu, mesmo nas cidades que possuem um alto índice de poluição luminosa. Porém, a contemplação da aproximação da Lua com Júpiter e Saturno, poderá ser realizada nas noites de hoje e amanhã.

Para onde e a que horas olhar para o céu?

Hoje e amanhã, assim que o Sol se pôr, o observador deverá procurar o horizonte leste. Sendo assim, é interessante acompanhar o pôr do sol (ocaso) do Sol - que ocorre no horizonte oeste - e virar 180 graus, ou seja, virar para o horizonte leste. Cerca de 20 minutos após o ocaso do Sol, para qualquer região do Brasil, já será possível observar a olho nu dois pontos acima da linha do horizonte leste. Esses dois pontos são os planetas Júpiter e Saturno.

Para a noite de logo mais, teremos a Lua próxima de Júpiter. Para a noite de 29 de agosto, será a vez de Saturno estar próximo da Lua.

O período de observação desses dois eventos ocorrerá durante toda a noite. Porém, vale ressaltar que, com o avançar das horas, devido ao movimento aparente da esfera celeste, os planetas vão ganhando altura até atingirem o ponto mais alto no céu, em relação ao observador. Isso ocorrerá entre 20 horas e 21 horas, a depender da localização do observador. Após essa faixa de horário, os dois planetas e a Lua irão se dirigir para o horizonte oeste, onde o ocaso desses objetos celestes irá ocorrer, entre 1h30min e 3h30min da manhã.

Para obter mais informações sobre esse e outros fenômenos astronômicos que irão ocorrer no céu da sua cidade, acesse o YouTube do Prof. Marcos Calil (http://www.youtube.com/marcoscalil) e siga @MarcosCalil no Twitter e Instagram.