Bolsonaro, o Maçaranduba do Planalto também chama jornalista de bundão

O presidente da República voltou a agredir verbalmente os jornalistas. Foi na manhã desta segunda-feira (24), numa solenidade no Palácio do Planalto quando se referiu aos profissionais de imprensa como “bundão”.

                                                                                             Atrás da máscara está escondido um maçaranduba

 

No domingo (23), ao ser perguntado sobre os depósitos totalizando R$ 89 mil na conta bancária da primeira dama Michelle, Jair Bolsonaro (sem partido) disse que tinha vontade de encher a boca do repórter de O Globo de porrada.

 

Bolsonaro fez lembrar o personagem Maçaranduba, do ator Claudio Manoel, no programa Casseta & Planeta da TV Globo. Maçaranduba era uma paródia de pitboys, que só queria saber de brigas, exaltar sua masculinidade e exercitar sua pouca capacidade cerebral.

 

Nos últimos anos, jornalistas brasileiros são ameaçados de todas as formas, assassinados e nada é feito, nada é apurado, ninguém é punido. As entidades de classe limitam-se apenas a divulgar notas de repúdio que na verdade não servem para nada.

 

Cadê os jornalistas que se tornaram deputados e senadores que não se manifestam e muito menos tomam atitudes para combater esse tipo de agressão? E os ministros do STF, STJ e Ministério Público e a OAB porque ficam calados?

 

O caso repercutiu nos principais veículos de comunicação do mundo inteiro. Todos criticam o modo de Jair Bolsonaro querer impedir o trabalho da imprensa, ao responder vperguntass de forma agressiva.

 

Milhares de internautas continuam postando nas redes sociais a pergunta que irritou o presidente: Jair Bolsonaro, por que a sua esposa Michele recebeu R$ 89 mil de Fabrício Queiroz?

 

Essa pergunta deve ser feita principalmente pelo tal Consórcio de Imprensa, formado por grandes veículos de comunicação do país. Se não fizer a pergunta, o presidente está com a razão. O Consórcio é formado por bundões.

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino