Petrópolis tem linha de crédito de R$ 20 milhões para pavimentação aprovada


Em 10 dias Petrópolis começa a ter creditado em suas contas R$ 20 milhões para investir em pavimentação. O financiamento foi autorizado pelo Ministério da Economia, nesta terça-feira (21) após uma reunião, em Brasília, entre representantes da prefeitura e o gabinete do deputado Vinícius Farah com equipe do ministro Paulo Guedes. Os recursos são do programa de Financiamento para Infraestrutura e Saneamento (Finisa), uma linha de crédito especial da Caixa Econômica. A aprovação foi dada pela Coordenação Geral de Operações de Crédito a Estados e Municípios (Copem), da Secretaria de Tesouro Nacional e começam a ser creditados dia 31 de julho.

“É uma felicidade muito grande poder ter ajudado aqui em Brasília que Petrópolis conquistasse essas verbas que são fundamentais para o desenvolvimento da cidade”, afirma o deputado Vinicius Farah, lembrando que o pleito pelos recursos iniciou ainda no ano passado. “Foi uma luta grande do prefeito Bernardo Rossi que abraçamos também por entender a importância. Em 2019 ainda não foi possível a liberação por falta de orçamento e agora o financiamento já está autorizado”.

O secretário de Planejamento, Dalmir Caetano, e o chefe de gabinete do deputado Vinícius Farah, Moisés Sampaio, foram recebidos, nesta terça (21) pelo gerente de projetos do Ministério da Economia, Philipe Barboza, e Andrey Correa, da diretoria de relações institucionais do órgão. “Apenas uma documentação com pendência foi apresentada e todas as formalidades foram sanadas. Já saímos da reunião com a garantia do crédito nas contas da prefeitura”, afirma Moisés Sampaio.

Bernardo Rossi e Vinícius Farah em Brasília

O Finisa permite investimentos em uma série de obras, como saneamento e logística e, em Petrópolis, a prefeitura pretende usar os recursos quase em sua totalidade em pavimentação. De acordo com planejamento da administração municipal, serão usados R$ 18 milhões em manutenção viária para os bairros.

A Câmara de Vereadores autorizou, em setembro.