Presidente da Comissão de Educação da Câmara discute retorno às aulas presenciais em Maricá

Objetivando o retorno das aulas presenciais nas escolas de Maricá, obedecendo todos os protocolos de prevenção contra a Covid-19, a Secretaria Municipal de Educação tem tido reuniões constantes com representantes das Secretarias de Saúde e de Ação Social. Nesta segunda-feira (06), a reunião foi com o presidente da Comissão de Educação e Saúde e vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Dr. Felipe Auni (PSD).

                                                                           Dr. Felipe Auni (PSD) discutiu o retorno das aulas presenciais em Maricá

 

No encontro, no plenário da Câmara de Vereadores, a secretária de Educação, Adriana Costa, disse que Maricá tem o compromisso e comprometimento com a saúde e segurança de toda a população e com a comunidade escolar.

 

No encontro com Dr. Felipe Auni e com os vereadores Marcus Bambam e Felipe Bittencourt, integrantes da comissão, foram tratados desdobramentos relativos ao protocolo de retorno às atividades presenciais. Participaram deste grupo de trabalho, representantes das Secretarias Municipais de Educação, Saúde e de Ação Social, Comissão Municipal de Educação, Sindicato dos Profissionais de Educação do Município e Sindicato dos Servidores Públicos de Maricá (SINDSERV).

 

Neste encontro, a secretária Adriana Costa,  destacou que ainda não há uma previsão do retorno das atividades presenciais, o que está sendo criado é um planejamento, que quando tiver a indicação da retomada das atividades presenciais, tudo esteja devidamente adequado e seguro para receber o corpo discente, docente, administrativo e de apoio das unidades escolares. "Vale ressaltar ainda que, o citado retorno, somente ocorrerá quando houver autorização das autoridades de saúde, ou seja, somente quando a Secretaria de Saúde indicar uma previsão" destacou.

 

Entre os dias 10 e 24 deste mês, não haverá aulas remotas para os alunos da rede municipal de ensino de Maricá. De acordo com a Secretaria de Educação, a medida provisória 934/2020 expedida pela Presidência da República flexibilizou o cumprimento dos dias letivos, mantendo obrigatório o cumprimento da carga horária.

 

Isso fez com que o calendário da rede pública municipal de ensino tivesse que ser readequado para o cumprimento das horas letivas, mantendo-se o recesso escolar no período previsto e aprovado pelo Conselho Escolar. Por isso, durante estes quinze dias, não serão enviadas atividades remotas.

 

É importante ressaltar que, todas as aulas remotas aplicadas até o momento contam como ano letivo. E, após o período determinado, os exercícios voltarão a ser enviados para todos os alunos através da plataforma da educação. Sábados letivos já estavam previstos no calendário e isso não vai ser mudado, mas pode ser que este número de aulas precise ser aumentado de acordo com a liberação das aulas presenciais, que dependem de orientações do Ministério da Saúde.

 

A reunião com o presidente da Comissão de Educação e Saúde, vereador Dr. Felipe Auni, foi solicitada pela secretária de Educação, Adriana Costa; pelo seu subsecretário, professor Rodrigo de Moura Santos; e pela assessora, Sheila Nascimento Elizeu.

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino